quarta-feira, 18 de abril de 2012

Notas sobre o livro de Jonas


O profeta Jonas é um dos profetas menores mais populares de toda a bíblia. Seu nome significa pomba. O significado de seu nome pode ou não ter relação com ideia dele ser mensageiro de Deus.

O interessante que no pano de fundo da história, Jonas apesar de ser um profeta popularmente conhecido e que foi até citado por Jesus, uma parte maior de sua fama se deu por sua desobediência intencional. Não apenas por isso, mas também por seu desconhecimento de quem Deus é. A prova disto é ele tentar fugir da presença de Deus.

O motivo da tentativa da rejeição de Jonas ao chamado de Deus foi ressentimento. Os assírios, cujo capital era Nínive, eram inimigos de Israel desde muito tempo. E Jonas precisa ser visto como um profeta nacionalista, dedicado a Israel.

Outra informação do livro é que apesar de Elias e Eliseu terem morado entre os gentios, Jonas foi único profeta enviado com uma mensagem entre os “não judeus”. Ele é considerado o primeiro missionário entre os gentios. Observe que o livro de Jonas não tem uma mensagem como a de outros profetas, a própria história é a mensagem.

O livro de Jonas é uma lição sobre julgamento da perspectiva primária e compaixão da perspectiva secundária. Envolve tanto o juízo quanto a graça de Deus. O livro enfatiza que Deus ama a todos e quer q todos cheguem ao arrependimento. Misericórdia é um dos temas mais fortes na aplicação deste livro.

Nenhum comentário: