terça-feira, 10 de abril de 2012

Notas sobre o Livro de Joel


É um livro pequeno, cujo autor é considerado um dos profetas menores. Seu nome é Joel e significa Jeová é Deus. Ele foi um dos profetas do Avivamento. Saliento que apesar de ser um profeta que fala de julgamento, a linguagem do livro é bem poética.

O assunto mais popularmente conhecido e divulgado deste livro é a profecia que se cumpriu em Atos acerca do derramamento do Espírito Santo. Ao profetizar sobre o Espírito Santo, ele profetiza sobre o avivamento e sobre inauguração da Igreja.

Um detalhe indireto deste livro é que ele endossa a deidade de Jesus e sua posição como ungido de Deus, o Cristo, que veio para libertar o povo. Isto sé dá pela confirmação do Advento do batismo  com Espírito Santo em Atos 2, o que confirmou todas palavras e promessas de Jesus.

Vejo na profecia contida neste livro mais uma demonstração da Graça de Deus. Devo assumir que o derramamento do Espírito é a única maneira da ação de Deus para restauração do homem.

Seja qual for a situação humana, e isto é confirmado em Joel 2:32 “todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.” Entretanto, devo assumir que salvação requer de nós um posicionamento.

Extraio deste livro a ideia de julgamento de Deus em defesa do seu povo. Mas, primeiro há uma chamada ao arrependimento, instruindo até os jejuns e reuniões para este fim. Portanto, é de fácil conclusão a grande importância na história da Igreja Cristã o livro do Profeta Joel.

Nenhum comentário: