quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Obediencia

Estou no meio de um processo de tratamento de Deus em minha vida. Realidade da vida de Jesus que me confrontou mostrando que existe uma diferença entre querer seguir e decidir segui-lo. Há uma revelação impactante na decisão de seguir a Cristo. Costumo dizer que é um caminho sem volta. Ou vc segue, ou não segue. Neste contexto, resolvi em Deus fazer uma pergunta no meio de um sermão que ministrei na Igreja onde congrego: Quem poderia assumir a responsabilidade semelhante a Paulo dizendo - Sedes meu imitadores assim como sou de Cristo (I Cor 11:1). Poucas pessoas levantaram a mão. Já imaginava este numero pequeno.

Diante disso tudo comecei a desafiar aos irmãos a viverem essa realidade. Comecei a fazer perguntas durante o sermão sobre quem foi Jesus. E durante a desafiadora pregação, em Deus conclui: - Só conseguiremos ser imitadores de Cristo se entendermos Sua vida e obra.

E para chegarmos a esta iluminação, podemos refletir através da pergunta: O que motivou Deus a enviar seu filho? Resposta em João 3:16 - Amor. O que levou o filho de Deus a se despir de sua glória, na terra habitar, sujeitando a forma de servo? Alem do amor do Pai, ha tambem Obediência do Filho ao Pai. Essa é a realidade que ninguem quer ver. Imitar a Cristo requer obediência ao pai acima de todas as coisas. Não é atoa que Jesus expressou definidamente o Mandamento: Ame a Deus acima de todas as coisas Mateus 22,36-38 Este é o maior e o primeiro mandamento. E a ligação contida nestes textos, mostra que a prova de amor que Jesus propôs é a obediência Jo 14:15 Se me amais, guardai os meus mandamentos. Jo 14:21 Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele. Amor que leva a obediência e obediência que prova o amor.

Podemos entender claramente esta afirmação dentro deste contexto - Obedecer a Deus acima de todas coisas é a prova de Amor que Jesus ensinou para Aqueles que querem segui-lo.

Continua...

Nenhum comentário: