domingo, 24 de junho de 2012

Porque as freiras me irritam?


Hoje tive refletindo sobre as freiras. Estranho? Na verdade é estranho, mas a intenção é tentar entender porque elas me irritam. Sério, elas me irritam...

- Talvez porque indiretamente eu queria ser um pouco missionário como elas. Abrir mão de tudo e segui enclausurado em um convento ou numa missão religiosa. Mas isso não é pra mim e percebi que isso tbem não me irrita.

- Imaginei se era porque elas representam figuras severas... Meio inacessíveis. Na verdade elas são meio que um mito religioso. Nos ônibus e nos lugares públicos há receio em até sentar no banco parceiro. Mas isso tbem não me irrita

- O motivo podia ser porque são mulheres que assumem os compromissos da castidade. Abstinência de prazeres sexuais. Não, isso não me irrita.

- Talvez porque elas não são como nos filmes "Mudança de hábito". Freirinhas simpáticas, meio mulecas e carismáticas. Alem do musical de primeiríssima qualidade. Que nada! Elas me irritavam antes do filme.

- Será porque são de outra religião? Mas eu nem sou religioso. Sou cristão. Então isso não é motivo.

Na verdade, eu acho que eu sou irritadiço. Um tanto quanto chato! Talvez seja isso. Ou... talvez elas poderiam sorrir mais, serem mais simpaticas, mais acessíveis, mais cristãs e menos religiosas. E uma vez ou outra sentar no "banco da janela" e com o sorriso, ceder o espaço do outro banco para outras pessoas. Possivelmente isso me irritaria menos.

Um comentário:

Raphael Rap disse...

Acho que se fossem mais cristãs como também deveriam ser todos os que se assim rotulam as coisas seriam diferentes...