quinta-feira, 30 de julho de 2009

Entrevista

Segue abaixo a publicação de uma entrevista com tendencia desrespeitosa em relação ao Julio Severo. Segue o link Combustão espontânea

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Teologia da Prosperidade: Marketing na Igreja

Introdução
Para muitos evangélicos este é um tema "polêmico" e que divide opiniões. Nos últimos anos é sempre motivo para textos intermináveis sobre a Teologia da Prosperidade. Derivado deste assunto, a proposta deste post é Refletir sobre o Marketing na Igreja. Particularmente, eu conheço alguns líderes que usam o marketing como estratégia para valorizar suas ações. Eles acreditam que essas estratégias e ações são capazes de tornar o produto mais atraente. Basicamente consiste numa espécie de elaboração criativa de como "persuadir" os possíveis compradores, no caso da Igreja, os possíveis fiéis. Os mesmos justificam com a idéia de que essa "metodologia" é para tornar o Evangelho numa linguagem correspondente aos dias atuais. Quem é da área sabe usar isso muito bem.

Porém, pergunto: Deus está ultrapassado? Ele não tem uma mensagem específica que independente do Tempo? De qualquer maneira vamos considerar algumas coisas a seguir.

Diagnóstico
Uma prática que tem ficado comum nas igrejas são as estratégias de Marketing nas congregações. Encontros, Eventos, Congressos, Campanhas e todas as situações possíveis para tentar manter a Igreja com a agenda cheia de atrações. Propõe aos seguidores um evangelho mais "moderno" do ponto de vista da Sociedade justificando suas intenções em uma inovação que mais prejudica do que ajuda. Aos poucos, em uma visão de empreendedorismo, a Igreja tem tomado ares de uma empresa. Porém a aceitação e a utilização de alguns destes meios na forma de gestão de uma igreja traz conseqüências irreversíveis para a mesma.

Conseqüências
Ser cristão esta ligado inteiramente ao modo de vida que prima pelo exemplo de conduta, onde os valores e atributos estão acima daquilo que a humanidade tem por referencia. E uma das maiores características do Cristianismo e que tbem representa estes atributos é a Graça Salvífica. Todo contexto que se relaciona com a definição de Graça esta completamente amparada em uma idéia de Favor dispensado não merecido por qualquer atitude humana, mas por Amor Incondicional Divino. Este valor evidencia o Evangelho e conflita com as idéias de um "Cristianismo de Mercado". Toda e qualquer relação do Evangelho com algum preço, especificamente o preço de Salvação, Cristo pagou quando se sacrificou na Cruz pela humanidade. Ou seja, enquanto a humanidade estabelece preços por sua felicidade, amor e qualquer outra coisa, nós estabelecemos um preço que já foi pago por valores não corruptíveis como dinheiro. Talvez este seja o maior problema do marketing na igreja., pois as estratégias tendem a tornar a Igreja em um produto de Mercado, e assim como todo marketing, criam produtos com referencias irreais e que opõe os valores Cristãos. Ainda mais se levarmos em conta o fator "defraudaçã"o que atribuem qualidades inexistentes apenas para criar uma Imagem e expectativa, expectativa que não pode ser correspondida.

Leitura rápida sugerida O EVANGELHO BU$INE$$ - Pr Altair Germano

Maketing da Benevolência
Outra ação muito conhecida e condenada pela Bíblia esta em Mateus 6 Versículos:

1Guardai-vos de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis galardão junto de vosso Pai, que está nos céus. "
2 Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
3 Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita,
4 para que a tua esmola seja dada ocultamente, e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.


Nesse caso são aqueles que fazem questão por alguma razão de mostrar que fazem obras sociais. A bíblia deixa muito claro que qualquer glória lhe rouba o galardão vindouro.

Existem aqueles que usam de propagandas apelativas no intuito de atrair as pessoas por suas obrigações cristãs. Não é difícil lembrar de exemplos, talvez os mais usados sejam as famosas "campanhas" dentro das Igrejas. Exploram o desconhecimento interpretativo da Bíblia propondo símbolos para "certificar" a fé. Tipo sal, flor, cajados, etc. Algumas dessas campanhas elevam o nível de deturpação chegando a vender produtos. Em outros casos, aproveitam da necessidade de obras sociais e criam produtos para explorar essa necessidade e assim vender. Os famosos exemplos de CDs de grupos de "adoração" que usam do apelo e fazem promessas de doar sua vendagem para missão. Anunciam a todos que irão investir em Missões. Nesses casos a idéia conflita com Texto de Mateus. Obs.: Nesses casos eu atesto que existem pessoas que desenvolvem um trabalho sério, porém a maioria usa destes artíficios para vender seus "produtos" com mais facilidade.

Concluindo
Mesmo que enumerando e até identificando alguns casos, não é possível compreender todos os danos causados. Entretanto é perfeitamente possível propor a solução. Ela é unica, exclusiva, artesanal, compreendida por atitudes de renuncia em favor do Evangelho de Cristo. Ela nasce na vinda do Salvador e sua proposta do Reino de Deus. Só existe um anuncio sobre: "Arrependei-vos, é chegado o reino dos céus!”

Fator que só pode ser compreendido por aqueles que de fato entendem que o Evangelho é gratuito, por aqueles que entendem que a Comunidade denominacional é uma extensão da Igreja Pessoa, por aqueles que de fato entendem que o Evangelho apregoa a igualdade, por aqueles que passam a amar a Cristo porque Ele simplesmente nos amou primeiro e não porque tem bênçãos em um Mercado. As marcas do Evangelho são conseqüências de vivê-lo e o nosso testemunho já é por si todo "marketing" necessário.

Espero que tenha contribuído.

--
Daniel Moreira



terça-feira, 21 de julho de 2009

Abandono momentaneo

Pessoal,

este blog esta de férias... Em breve estarei de volta com muita coisa nova, inclusive pra mim.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Finalistas do showveiro - Análise

Final do Showveiro

Uma análise simples dos finalistas do Showveiros:

Welton Soares
Positivo: Carismático, emotivo e envolvente. Tem como ponto forte a interpretação de músicas lentas. Sua história de vida ja o credencia como vitorioso.
Quando ele canta, sua música demonstra uma gratidão a Deus que contagia quem o ouve. Forte candidato que pode surpreender.
Negativo: Semitona em algumas notas.

Eli Soares
Positivo: Indescritivelmente talentoso, técnico e ousado. Tem como ponto forte o Black Music
Suas apresentação é de alto nível profissional, alem criar ótimas impressões com releituras próprias. Favorito por ser o melhor.
Negativo: Por ser incrivelmente talentoso, todos esperam dele sempre as melhores apresentações. Pode perder para si mesmo por ser confiante demais.

Rafaela Ximendes
Positivo: Voz meiga, carismática e singela. Seu ponto forte são musicas de características mais serena. Tbem se fortaleceu pela votação.
Suas apresentações sempre criam a expectativa de que ela pode crescer mais. Se fosse por votação, possivelmente seria a favorita.
Negativo: Não tem explosão vocal. Se a música cresce, ela não consegue corresponder

Segue o link para os vídeos dos candidatos e a enquete que vale a classificação para a final. Clique em Showveiro

--
Daniel Moreira

Espanhóis criam a primeira igreja evangélica gay do país

Anelise Infante

De Madri para a BBC Brasil

Grupo gay

A igreja do grupo homossexual espanhol pretende até casar ateus

Um grupo de cerca de cem homossexuais espanhóis anunciou a criação da primeira comunidade religiosa para gays, lésbicas, bissexuais e transexuais – a Primeira Igreja Protestante Inclusiva.

O grupo se define como “uma organização evangélica que não pretende discriminar ninguém por opção sexual ou credo” e pretende formar pastores, oferecer cultos e casar homossexuais, inclusive ateus.

Os criadores da igreja afirmaram que já têm preparados os estatutos da nova instituição e pedirão, ainda esta semana, a inscrição na Direção Geral de Assuntos Religiosos do Ministério da Justiça da Espanha.

Este pedido pode iniciar uma disputa legal com a Federação Espanhola de Igrejas Evangélicas, organização que reúne as 2,3 mil organizações que professam esta religião no país.

“A princípio não damos crédito a essa notícia. Eles primeiro têm que demonstrar que realizam atividades religiosas e aí veremos se o Ministério de Justiça admite ou não o pedido”. “

“Se forem aceitos e usarem o nome Evangélico, protestaremos com medidas legais, porque seria um uso indevido”, disse à BBC Brasil o diretor da Federação Espanhola de Igrejas Evangélicas, Jorge Fernández.

Casamento gay

A Federação Evangélica anunciou em 2005 a sua oposição ao casamento entre homossexuais, aprovado neste ano na Constituição espanhola.

A Conferência Episcopal da Espanha também foi contra a aprovação do casamento entre homossexuais e critica a nova igreja gay.

“Para começar, não sei como dizem que formarão novos sacerdotes, porque os evangélicoss não possuem ordem sacerdotal, mas um pastor que dirige a oração”, disse à BBC Brasil o responsável pelo grupo de ecumenismo da Conferência Episcopal, Vicente Sastre.

“É certo que algumas comunidades anglicanas americanas ordenaram sacerdotes homossexuais, mas houve tanto conflito e polêmica que estes grupos estão a ponto da ruptura. Em todo caso, a igreja católica tem uma postura clara sobre este assunto baseada no Novo Testamento”.

Apesar das críticas, o Grupo Gay Evangélico da Espanha pretende insistir com a nova igreja.

“Seremos a mais democrática das igrejas. Não é um projeto mediático, mas necessário, porque 99% das igrejas evangélicas espanholas nos impedem de receber os sacramentos e muitas delas nem nos deixam entrar”, afirmou à BBC Brasil o porta-voz do grupo, Andrés de la Portilla.

Reuniões secretas

“Além disso, essa nova instituição ajudaria a acabar com muitas mentiras e hipocrisias, principalmente dentro de ambientes religiosos”, completou.

Segundo o porta-voz, o Grupo Gay Evangélico existe há 20 anos, mas ainda há muitas ameaças e represálias “tanto de setores eclesiásticos como laicos”.

Por isso as reuniões sempre são secretas, e o endereço definitivo da nova igreja só será anunciado quando as medidas legais e de segurança estiverem garantidas.

O que está confirmado é que a igreja ficará sediada na cidade valenciana de Sagunto, no litoral mediterrâneo, por sua localização estratégica, próxima a lugares frequentados abertamente por gays como Ibiza e Barcelona.