sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Sobre a Bíblia e o Homosexualismo

"Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro" (Romanos 1:26-27).
 
Ao tratar da questão homossexual precisamos considerar uma série de fatores para não ser excludente e legalista. Por isso, todo conteúdo do texto considera com respeito acerca dos contextos e das pessoas sem incentivar qualquer discriminação, propondo apenas uma leitura bíblica acerca deste assunto.

Alguns Pontos Iniciais:
  • A Bíblia é muito clara sobre homossexualismo. Se fosse propor uma leitura diferente ao ângulo bíblico, possivelmente estaria negando a minha fé.
  • Existem muitas leituras de cristãos sobre o tema, porém não são leituras Cristãs se as mesmas não têm as Escrituras Sagradas como crivo e base referencial para construção do texto. 
  • Penso sobre muitas coisas, mas nem todas as coisas que penso, penso do jeito certo. Também tenho a autocrítica em Deus para saber disso. Sem falar que muitas coisas das quais escrevi, mudei. Não penso da mesma forma. Isso é o desenvolvimento da salvação. Porém, entenda que o escrevo não é apenas uma ponderação própria, mas a uma reflexão bíblica. 
  • Sempre vejo no meio de opiniões diferentes, e por muitas vezes sem me decidir por qual assumir e se necessário for, lutar. Porém, em todas tenho o zelo diligente de tentar ouvir a voz de Deus para me definir. Eu sou daqueles que crêem que Deus fala todos os dias. O problema é que nem todas às vezes, estamos preparados para discernir a voz de Deus. Isto acontece por "n" motivos e apenas comprova que precisamos todos de libertação (salvação), libertação que alguns aceitam e outros não. Aqueles que aceitaram, estão no processo de conversão que é uma continuidade da libertação. Todos os dias encontram na graça de Deus a virtude para assumir uma nova posição que Deus lhe propõe para ser uma pessoa moldada a imagem e semelhança de Jesus. Isso em outras palavras é descobrir a fé. O ponto chave nisso é que Jesus nos ajuda sempre em todos os sentidos a lidar com esta mudança de comportamento. Porém, quero frisar que para recebermos a salvação é necessário reconhecermos que precisamos de ajuda. No livro - Fundamentos da teologia Cristã -  apontam três pontos que uma pessoa precisar ter para avaliar sua conversão: 1) Conscientização da Necessidade (pedir ajuda), 2) Desejo de Mudar (Arrependimento) e Fé em Jesus Cristo (base inicial para relacionar com Deus). 
  •  Considerando estes tópicos acima como ponderação para o texto que virá a seguir sobre o homossexualismo, quero dizer que escrevo e considero apenas aqueles que também aceitaram que precisam de ajuda. Isso é Conscientização da Necessidade - Marcos 2:17 Jesus, porém, ouvindo isso, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas sim os enfermos; eu não vim chamar justos, mas pecadores. O passo inicial para ser ajudado é assumir que precisamos de ajuda. Portanto, escrevo para aqueles que consideram ou mesmo aqueles que minimamente querem considerar, ainda que não concordem com a minha opinião, a ajuda de Deus através da Salvação. Aceito o contra ponto, qualquer opinião, que tenha a mesma intenção e as bases bíblicas que escrevi. Ou seja, para ajudar. 
  • A reflexão que propus abaixo no texto a respeito do homossexualismo a luz das escrituras tem a intenção de propor em moldes simples a posição do Evangelho diante de tudo isso. Porém, as palavras sempre serão insuficientes diante da realidade de compreensão que representa o Evangelho. Não é possível apenas com minha explicação entender a situação, sempre será preciso à conscientização da necessidade e a revelação Deus para aqueles que lêem para tomar a decisão.
  • Quero de antemão defender que todo curso bíblico, ainda que alguns não entendam ou concordem com o que lá está escrito, registra tanto no Velho quanto no Novo Testamento, a respeito de algo que me permite enquadrar no homossexualismo. São várias passagens (Romanos 1:26-27, I Timóteo 1:10-11, I Coríntios 6:9, Deuteronômio 23.17; Levíticos 18:22; 20:13) que a raiz das palavras no original permite a discussão sobre. A interpretação da Bíblia não se faz em versículos isolados, mas dentro da coerência cognitiva com o discurso que Jesus ensinou. Amor, Graça e Fé são bases fundamentais para entendermos o Plano de Resgate de Deus para humanidade, mas a porta de entrada para recebermos este Plano que envolve o Governo de Deus é o Arrependimento. Ou seja, Deus é Amor, nos concede graça, gera em nós fé, mas existe condição inicial para o recebermos Seu Governo, o Arrependimento. Então, se querem discutir o Evangelho, precisam saber que independente de onde queremos chegar discutindo, sempre será considerada para os cristãos o que a Bíblia fala como absoluto. O absoluto que liberta é Jesus, e para Jesus e para mim, a Palavra de Deus e suas proposições são fundamentais para propor saídas para a vida. Não quero entrar em discussão se não crêem que a Bíblia é a Palavra de Deus.
  • Biblicamente falando, temos muitos argumentos coerentes que precisam ser vencidos pelos militantes pró-homossexualismo. Um deles é própria natureza pró-criativa da relação sexual, pois existem promessas de Deus em relação à geração da vida. Na relação homossexual não se gera vida. Ou seja, não há filhos. Considere também outros fatos como: Não há promessas para relacionamento de pessoas do mesmo sexo, não há exemplos de casamentos de pessoas do mesmo sexo, não ha citação de Jesus a favor. Há sim, passagens que amparam toda a certeza de que o homossexualismo em qualquer nível é pecado.
  • Em Matheus 19:12 fala sobre os eunucos, aqueles que de alguma forma não tem nenhum apetite sexual, seja por causa da remoção dos testículos ou porque são congenitamente não-funcionais ou porque se dedicam ao Reino de Deus.  1) Aqueles que nasceram eunucos, que são considerados eunucos "naturais", a estes o argumento do homossexualismo não cabe porque a falta de apetite sexual é disfuncional e diferentemente do homossexualismo. Quero apontar que a única forma de ser eunuco por opção é por causa do reino de Deus. O que isso significa? Significa que por causa do Reino de Deus eu posso casar com homens? Não. Significa que uma pessoa pode ser eunuco por opção e assim ficar solteiro numa forma de consagração a Deus. Não podemos esquecer que o eunuco natural é aquele que não tem apetite sexual o que em nada tem a ver com homossexualismo. É um ser que não se dá ao casamento por causa de sua condição ou por sua opção de consagrar-se a Deus, diferentemente da aplicação do homossexual que tem afeição pelo mesmo sexo. A origem entre as concepções são diferentes. 2) Sobre o argumento de procriação, os homossexuais precisam entender que a procriação só existe por causa do completar natural feito por Deus entre um homem e uma mulher. Então o argumento só caberia se na pessoa que o reivindica tiver na prática os mesmos fatores naturais para a procriação que existem no homem e uma mulher. Fatores como os órgãos internos, órgãos sexuais, genéticos e etc. 
  • Quando o argumento for relacionamento, não é preciso ser homossexual para ter grandes amigos íntimos no sentido puro (sem envolvimento sexual) da palavra.  A amizade entre Jonas e Davi não tem uma citação para relação homossexual. Pelo contrário, no texto Davi diz “meu irmão Jonatas”. Pergunto: Davi era irmão de Jonatas? Este é a referencia do tipo de amor que os dois tinham. A história entre eles provou a amizades que ambos tinham. Fico entristecido quando alguém aplica este termo a homossexualidade, até porque com um mínimo de cuidado a pessoa iria chegar a ver que Davi chegou a ser questionando por causa seus casos com mulheres. 
  • Qualquer culto ao prazer é prática hedonista e está biblicamente condenada. A origem natural de Deus para o sexo é algo puro realizado dentro do casamento é tem como representação deste ato a geração da vida e não a escravidão do desejo sexual em qualquer dimensão. Em outras palavras, não somos escravos ou conduzidos pelo prazer sexual, mas antes somos seres com dimensões espirituais que encontram a verdadeira felicidade cumprindo o que Jesus ensina, inclusive na relação matrimonial. 
  • Considera-se que os militantes das causas homossexuais, ao proporem a discussão para qualquer campo, precisam considerar que há enormes problemas iniciais diante da maior crença, o Cristianismo. Os militantes das causas homossexuais teriam que elevar a discussão do ponto de vista Teológico para assim habilitar seus argumentos na religião, provando de uma forma plausível o porquê Deus teria errado na origem natural da sexualidade, dando um aspecto físico como os órgãos pertinentes ao gênero. Detalhe que não estou em referindo aos órgãos sexuais, mas todos os órgãos que caracterizam o homem ou a mulher. 
  • O número crescente de homossexuais nos dias atuais pode ser uma prova que existe algum fator externo na criação que tem influenciado as pessoas.
  • A Bíblia não mostra o inicio de nenhuma das atividades como prostituição, mastubarção, mentiras e outras coisas. Sabe por quê? Porque tudo isso tem origem no pecado da incredulidade (desobediência). Deriva do pecado. Ela dá ênfase ao nascimento do pecado e depois disso, a bíblia apenas relata o estrago que isso fez ao longo do tempo.

Considerações

Nunca escondi de ninguém que sou contra o homossexualismo. A minha posição se dá pela leitura bíblica que faço. Existem também muitos fatores que reforçam a construção conceitual sobre o tema. Nunca fui homossexual, porém convivi com amigos, irmãos e pastores que foram e alguns que ainda são homossexuais. Os mesmos se escondem pelo medo de sofrerem preconceito dos membros de suas Igrejas, preconceito que sempre condenei por distanciar as pessoas. Por isso, este assunto não deve ser tratado apenas com a proibição sem as devidas instruções, ainda que algumas proibições bíblicas constituam uma instrução. Porém, não há como negar a orientação e a posição Bíblica acerca deste, uma vez que a Bíblia em todas as passagens pertinentes a este assunto é intolerante. Acrescento que diferentemente dos erros de um preconceito taxativo e cruel por parte de alguns, o que irei ilustrar abaixo tem por motivação o zelo e amor pelas almas que sofreram e sofrem com o homossexualismo, sem perder o foco que é a defesa da fé cristã. A seguir irei citar algumas experiências que pude presenciar.

Quero de antemão lembrar que a decisão é única e pessoal para decidir viver a vontade de Deus. Não existe uma "receita de bolo" que praticando a pessoa conseguirá. Existe sim, dependência e submissão a real vontade do Senhor e assim a medida da intimidade com Ele, a medida da impregnação dos pensamentos das coisas que vem do Senhor, vamos sendo transformados. (ver aconselhando pag 54)

Discussão recente sobre homossexualismo


A discussão em si sobre a homossexualidade tomou outros contornos. Tornou-se uma discussão externa, envolvendo política, alianças e dois lados. Mas, o que mais importa e temos citado ao longo dos textos deste livro é o coração das pessoas.  Eu percebo que o problema é maior do que eu pensava. Ninguém procura responder de fato a questão em si, mas apenas defender sua condição ou seu lado. Recentemente um jovem me escreveu dizendo que já nasceu com o problema da homossexualidade, não diferente, este é o argumento mor dos militantes a favor.  No relato deste jovem ele disse:

Nunca fui abusado sexualmente, não fui criado em meio homossexual, não fui submetido a esta convivência. Recordo-me claramente que ainda quando criança, ao dormir na mesma cama que meus pais, procurei tocar meu pai... o mesmo despertou pela madrugada, e, vendo-me tocando-o em sua região sexual, me corrigiu de forma “orientativa” (eu tinha em média de três anos de idade) em seguida voltou a dormir. Desde este dia nunca mais parei de desejar tocar outro homem"

Ele diz que tocou porque foi natural dele. Mas porque ele tocou? Porque sabia que ali tinha alguma coisa e algo o despertou para aquilo. Pergunto: É normal uma criança de três anos “tocar” ao pai exatamente nos seus órgãos sexuais e depois disso ter desejos por toda vida? Se tocasse em uma mulher não seria normal. Não é sadio. Em qualquer ótica isso não é normal. O fato de ter sido realizado por uma criança "inocente" não ameniza, pelo contrário, só agrava. O proibido foi despertado de alguma forma por algo que a criança viu e a desordem do ser humano o fez ter sentimento pela coisa, e a conseqüência deu origem a escravidão. Tem nada de inato nisso. Isto é desordem do nosso ser causado pelo pecado e influenciado pelo mundo ambientado no maligno. E é neste ponto que as pessoas confundem o natural pela opção.

A cada dia fica óbvio para mim que, desde pessoa mais simples até aquela que se considera mais complicada, existe uma saída indicada pelo conselho do Senhor. O que dificulta na relação entre aceitação do conselho é a escravidão em que o pecado provoca na pessoa. Quem está dentro da atmosfera do pecado geralmente quer defender dos seus interesses, interesses que estão relacionados com o pecado.  Isto apenas ilustra que o pecado aprisiona. É sério demais isso! O pecado aprisiona, confunde os ideais, implanta falsas necessidades e corrompe identidades. E pior, do ponto de vista do pecado, a maiorias das coisas que escravizam são prazerosas. Isto não é uma exclusividade dos homossexuais, mas de todos. Ou seja, somos pecadores e nosso corpo acostuma com o pecado. Passa a ser dependente.  O único combate a essa escravidão é a libertação vinda de Jesus. Somente em Jesus conseguimos reordenar o nosso ser. Para isso, devemos dar o primeiro passo para libertação que é reconhecimento de que todos, sem exceção, precisam de ajuda. Eu fiz isso um dia ao “gritar” por socorro. Neste ponto a transformação espiritual começará e se realizará diariamente. Costumo dizer que é artesanal. Ou seja, Deus vai modelar o vaso conforme o querer dele, e se preciso for, até mesmo quebrá-lo para fazer novamente. [...] Porventura dirá o barro ao que o formou: Que fazes? ou a tua obra: Não tens mãos?[...]

Assim como a pessoa vai pecando dia-a-dia, cedendo às novas paixões e aceitando o seu erro como algo natural, a libertação será necessária no dia-a-dia, porque o pecado trabalha escravizando nas dimensões do ser. O ato em si é uma expressão do que mora dentro do interior. Não basta apenas acordar de manhã e dizer: Não pecarei mais! Tem que acordar de manhã e orar para não pecar. Renunciar a carne. Desistir (Fugir) das vontades dela. Desintoxicar do pecado pela Palavra de Deus. Isso tem que ser feito aliado através de disciplinas espirituais. Olha o que Paulo fala em I Cor 9:27Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.” Para reduzir a submissão, fazendo o corpo de servo, precisa ter a idéia de o corpo será servo de alguma coisa. Entendo que Paulo orientou pela idéia de que Espírito se opõe a carne e vice-versa. Ao valorizar o Espírito, ele conseguia dominar a carne. Assim a carne torna submissa ao Espírito. Ou seja, priorização da essência de Deus no coração, através de disciplinas como oração, meditação e pratica da palavra, jejuns e tudo que valoriza o Espiritual em Deus deve se tornar um hábito para vencermos a carne. O conselho serve para qualquer esfera de luta entre a pessoa e o pecado. A sugestão para aquele que quer ajuda aponta para disciplinas espirituais. Assim, a medida da ação de Deus em reordenar o nosso ser a partir da essência que é Jesus, seu esforço será iluminado por Deus e não será em vão. É uma luta contínua. Se pecar naquele dia ou em outro, chore clamando por socorro, pede a Deus para iluminar uma saída. Todos os dias são lutas mesmo, mas lembre que o seu foco não é seu próprio prazer, mas é o Senhor. A medida que passa o tempo vamos ficando mais treinados. Agora é primordial entender o bíblia diz em Matheus 6:21Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.” Ou seja, priorize Jesus em seu coração como tesouro, como algo essencial, e assim o conselho de Provérbios 4:23 será uma realidade em sua vida.

O que precisa ficar evidente é que a pessoa não pode parar de lutar, porque Satanás não vai parar de tentar te destruir. Ou seja, o inimigo quer que você tenha prazer no pecado e assim te aprisiona. Imagine alguém que está homossexual por 15 anos, esse mesmo não será liberto de uma noite por dia. Assim acontece com a prostituta, com o viciado em drogas, com aquele que se masturba, com aquele que mente e com todos que pecam de forma geral. Alguns são mais fáceis no processo de libertação, mas outros não. Demanda tempo, custa investimento de vida. Agora quanto mais tempo investir em oração, em buscar conhecer a palavra de Deus, mais rápido a pessoa conseguirá se desintoxicar. Para isso é preciso acordar de manhã e desejar a Cristo mais do que sua própria sexualidade. Seguir a Cristo é estar disposto se necessário for de até abrir mão da própria sexualidade. Estou falando para héteros também. O problema criado na cabeça dos homossexuais é que eles se acham exclusivos, que sua condição necessita de um tratamento diferente. Heterossexualidade e homossexualidade são diferentes de gênero sexual. Gênero é inato, trata de homem ou mulher individualmente.  Homossexualidade e heterossexualidade tratam de afeição pelo relacionamento entre pessoas sendo ou não do mesmo sexo. Porém, a Bíblia é para todos os seres humanos. Na verdade, antes de tudo, como servo de Deus tenho entendido que devemos entregar a Deus até o nosso direito de ter direito. Isso inclui a entrega dos direitos que envolvem a sexualidade, o casamento e assim por diante. Assim vamos entender que tudo que temos é graça. É óbvio que Deus quer que casemos, deseja que todos tenham bons relacionamentos, que tenham diversão e outras coisas. Mas, também existem aqueles que não se darão ao casamento que viverá como eunucos. A estes a Graça de Deus também os basta. Se estivermos dentro do Reino Dele, significa submissão a Deus e tudo tem que funcionar de acordo com a vontade Dele.  Aquele que não quiser que arque com as conseqüências.

Também é primordial entender que ser homem nos molde do mundo é ser homem distorcido por causa do pecado. Por isso, o processo de transformação tem passar por tudo, por todas as áreas de nossa vida. Entendermos que tudo que temos, e tudo que somos e que tudo que um dia viermos a ser, precisamos ser dentro do Plano desejável de Deus para humanidade. Isso é a centralidade, onde Jesus comanda as nossas vidas do jeito que ele quer. Entregar tudo a Deus incluindo nossas necessidades sexuais.

Relato   
  1. A maioria dos dias eu recebo emails de diferentes pessoas com opiniões diversas entre os próprios homossexuais. Alguns pedindo ajuda, outros criticando, outros indecisos e por ai vai. Mas sempre aqueles que pedem ajuda, e somente eles que considero aqui, a maioria estão em um estágio crítico de pecado. Quem geralmente está dentro desta atmosfera do pecado não tem força por si mesmo para deixar de pecar. 
  2. A maioria das pessoas que querem libertação é imediatista, ou seja, querem parar de sofrer com as tentações imediatamente. Como se existissem um botão que reiniciasse a vida e tudo fosse diferente. Na verdade o reino de Deus envolve o nosso esforço, o esforço da entrega, do arrependimento, da renuncia, das disciplinas. 
  3.  Quando dizem sobre identidade de alguém, estão dizendo que a pessoa nasce com este fator predominante. Isto não é verdade, pois se assim fosse não teríamos que ensinar uma criança as situações diárias. As crianças são como uma "esponja", pois absorve tudo que esta relacionada ao meio que está inserida. Isto reforça a concepção de que somos o fruto do meio em que estamos, ou seja, o ambiente familiar, educacional e muitas outras propriedades determinantes na formação. Os fatores deste ambiente como reação e individualidade é que irá formar o caráter. 
  4. A Inclinação ao homossexualismo pode ser fruto de influência satânica. O diabo é real. Suas artimanhas são reais. Ele influência pessoas a todos os tipos de pecados, porque seria diferente com o homossexualismo.

Nota: Não quero depreciar ninguém ao contar às experiências que seguem abaixo:

Primeira experiência.

Ainda no seminário, conheci o Pastor de um Ministério em uma Igreja que cuidava de homossexuais. Era uma casa de recuperação. O Pastor era meu colega de Faculdade e por intermédio dele conheci parte da missiologia. Contava ele que na casa era possível ver homens com silicones nos seios, nas nádegas, com operações para se caracterizar como mulher. Era muito comum ainda encontrar internos com "jeitos" de um "efeminado".

Internamente as histórias de vidas tinhas fatores comuns que os levavam para o homossexualismo. Neste caso, as incidências eram estupros com muitos casos entre parentes, falta de referencia paternal de meninos criados por mulheres, mães que criavam filho como se fosse uma mulher pela frustração de não ter tido uma filha, decepção com relação ao parceiro (traição).

Nota: Sabemos por intermédio da palavra que em todos os casos de pecados há influencia demoníaca, e no caso dos homossexuais também não é diferente.

Segunda experiência.

Na ocasião do G12, a igreja onde eu congregava resolveu implantar o modelo. Como eu era um dos líderes do encontro na ocasião, durante um período de ministração denominado "Cura interior", um irmão confessou que era homossexual e pediu ajuda. O fator era o mesmo citado nas menções acima, começou devido a um estupro por um "tio" em uma região do interior de Minas Gerais.

Outro caso, na mesma época. Fui enviado pela igreja a uma das congregações para ensinar lições referentes ao G12. Dias depois, junto com as cartas endereçadas às irmãs que iriam para o encontro, veio uma carta endereçada a mim. Era um rapaz que me ouviu pregando em umas das ministrações do Pré-Encontro. A essência da carta era um pedido de ajuda pelo problema com o homossexualismo. Ele confessou que sofrera abusos de vizinhos mais de uma vez e que se viciou naquele tipo de vida. Também disse que tinha medo de confessar para os líderes de sua congregação por medo de ser discriminado. Naquele momento percebi o tamanho do problema de acessibilidade da Igreja.

Homossexuais na igreja são comuns, porém a maioria não assume. Na época, quando pude ajudá-lo, descobri que esse moço encontrou um pastor numa igreja grande de BH que também era homossexual e resolveu segui-lo como discípulo. Hoje, ambos estão ou estavam (não sei se ainda estão) em uma Igreja de homossexuais que existe em BH.

Outras experiências

Depois de pesquisar sobre assunto e conseqüentemente preparar-me melhor, conheci outros casos de homossexualismo nas Igrejas. Um amigo na época de escola, totalmente esclarecido e sem nenhum trauma aparente, liderava no intervalo da escola, cultos entre os estudantes. Esse moço era notável, depois se graduou em direito e sempre era um dos que mais se destacava na roda de amigos. Depois de um problema na sua igreja e junto com mais uma leva de irmãos resolveram montar uma igreja. Esse mesmo moço “se proclamou” pastor e chegou até me sondar para ser um dos pastores da sua igreja.

Algum tempo depois, em uma das reuniões para tratar da disciplina de um irmão de sua congregação, o irmão que ia ser disciplinado por sentir injustiçado resolveu contar que tinha relação homossexual com o Pastor. Fizeram acareação e o Pastor confessou que realmente tinha relações com homens e mulheres também, ou seja, na definição ele era bissexual. Foi um choque para todos naquela congregação.

Nota: Esse moço apesar de ter confessado a verdade, não corrigiu sua vida e ainda tentou permanecer na função. A sua história começou a despertar em mim a atenção para os muitos casos e, portanto, a falta de informação dentro da igreja para pessoas com esses problemas. Até pouco tempo atrás, as igrejas não sabiam o que era isso. Efeito disso é que hoje estão completamente despreparados para lidar com esta realidade. Despreparo inclusive para ajudar pessoas que estão dentro dela, permanecendo ocultamente neste problema.

Recentemente

Na igreja onde eu freqüentava, o Pastor titular com quem aprendi muitas coisas, assumiu que teve um "sentimento" homossexual. Confessou seu erro a Igreja e todos os irmãos perdoaram inclusive sua esposa. Este pastor era um Senhor de idade, com filhos, casado uma senhora muito inteligente e responsável. Todos eram exemplos de conduta.

Ele contou que se "apaixonou" pelo cabeleireiro, e não chegou a me informar se teve alguma relação, mas disse que estava tendo sentimentos homossexuais em seu coração. Ele me confessou que este sentimento lhe deixava inquieto, completamente tomado por um desejo "desenfreado" ao ponto de querer abrir mão da família e do ministério. Contou também que sofrera abusos quando criança e que seus tios para tentar sanar o trauma causado pelo abuso, o levaram a um prostíbulo. Ao invés desta situação ajudá-lo, apenas trouxe mais traumas. Ele me contou que só pôde relacionar direito depois de convertido e já com sua esposa.

Nota:
Em todos os casos, houve distúrbios marcantes e determinantes para a origem da homossexualidade.

A Bíblia diz:

Em um contexto geral, a Bíblia trata a questão homossexual com uma leitura definida. Apesar de não fazer distinção em relação às definições de pecado, ela chega a declarar como abominação a este pecado, definindo uma posição parcial e imperativa que se espera do Cristão por obediência. Eu sei que maioria dos homossexuais ao ler um texto como este pensa: Como alguém que não é homossexual pode falar de um homossexual? Eu não estou falando de um homossexual, estou dizendo o que a bíblia diz sobre este assunto.

"Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro" (Romanos 1:26-27).

"Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas . . . herdarão o reino de Deus" (1 Coríntios 6:9-10).

Essas duas passagens ilustram de forma contundente.
  1. 1.    A primeira citando "Paixões infames" - que atribui a idéia de desonrosa relação e de má fama, posteriormente, traz uma observação pertinente à origem natural como "contato natural". Esta primeira passagem deixa claro que Deus criou uma natureza sexual. Quanto à distorção dessa natureza, a bíblia é imperativa dizendo que: Os "praticantes deste erro" não herdarão o reino de Deus.
  2. A segunda passagem começa fazendo uma advertência dizendo: "Não vos enganeis". Você já pensou o que essa passagem quer dizer com "não vos enganeis"? Traz idéia implícita de alguém se engana ou mesmo que situações como essa podem nos enganar. Depois mais adiante se referem a uma série de práticas, incluindo efeminados e sodomitas, e no fim conclui que não herdarão o Reino de Deus.
.
No tocante a este assunto, a bíblia cita várias passagens sobre o homossexualismo. Em todas as citações mostram repúdio e abominação ao pecado. Posiciona-se como inconcebível por se tratar de princípios onde contrariam a própria natureza de Deus para humanidade. Nesta relação não se gera vida, não ha harmonia, deturpam origem naturais e gera uma série de conseqüências que podem ser desastrosas.

Desenvolvendo ainda mais

Alguns argumentam que Cristo nunca falou contra os homossexuais. Porém, a idéia contida no contexto bíblico através do pensamento cognitivo, pode ser traduzida da seguinte maneira: O aprendizado se dá pela apreensão dos dados e do conhecimento imediato de um objeto mental, onde envolve atenção, percepção, memória, raciocínio, juízo, imaginação, pensamento e linguagem ao longo de um contexto. Para se construir uma informação é necessário dados, conhecimento para organizar em informação e sabedoria para entender as diferenças de contexto. No caso de Cristo, seu contexto não iniciou apenas na sua vinda a Terra, mas desde a Criação onde com a participação Dele tudo se fez. João 1:3, Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez.

Neste ângulo, não podemos desprezar a história bíblica e toda construção de fundamentos que Jesus propôs para humanidade. Cristo citou a Bíblia como palavra de Deus e mencionou as Escrituras para combater a Satanás. Ou seja, está implícito que o conteúdo bíblico é considerado como Palavra de Deus pelo próprio Jesus.

Muita gente pensa que essa passagem de 1 Coríntios 13 valida o argumento - "se não tiver amor de nada valeria" Porém, incorrem no erro de pensar que amor tem esse poder de quebrar princípios e mandamentos. Nada esta acima de Deus ao ponto de contradizê-lo. Esta corrente “cristã” que defende o homossexualismo acredita que se uma relação homossexual tiver amor é aceitável. Acreditam que o amor justifica tudo. Indiretamente acreditam que o amor permite qualquer atitude que a pessoa quiser. Porém, o que temos que salientar que no amor que vem de Deus não existe mérito humano. E que Deus igualmente é amor, graça, justiça, santidade, imutável, soberano, fiel, justo, gracioso, perdoador... Ou seja, Deus é supremo e seus sentimentos não contradizem a Ele mesmo. Também posso dizer que nada que vem de Deus tem mérito humano. Está Nele. E por isso não podemos usar qualquer argumento sem antes estarmos Nele, em Deus.

A concepção do significado de graça mostra que ela é o oposto do mérito, mas não do esforço. Ou seja, nunca faremos nada para merecer, mas devemos entender que tem uma condição que traz a idéia de esforço para estarmos em Cristo

Paulo em Coríntios ensinou a todos nós um sentido amor que na concepção Cristã é um dos nossos pilares, ou seja, um atributo que nos caracteriza em diversos contextos, nos diferencia e credencia a nossa espiritualidade, mas nunca, em nenhuma referencia, o amor traz alguma validade de usarmos a nossa maneira de ser. Ou seja, o amor não segue a lógica sentimental ou referencia humana, mas é atributo que vem do Senhor e que está acima de qualquer coisa. Ou seja, só alcança esse amor quem esta em Cristo, simplesmente porque as coisas de Cristo são espirituais. Repare que o fruto do Espírito gera muitas coisas, inclusive o amor. Ou seja, só é alcançado estando em Cristo, através de ação de seu Espírito é que temos a possibilidade de amar do jeito de Deus.

Talvez a dificuldade de muitos seja entender que Deus é atemporal, ou seja, Ele esta acima do nosso “espaço de tempo” e por isso tem a capacidade de amar e irar ao mesmo tempo. Também esquece que Jesus cita a obediência a Deus como característica de amor. João 14:23 e 24 - Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me amar, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos a ele, e faremos nele morada.Quem não me ama, não guarda as minhas palavras; ora, a palavra que estais ouvindo não é minha, mas do Pai que me enviou.

A Bíblia não é para ser usada para nossa serventia se modelando a cada caso. Assim também o amor não pode ser justificativo para os objetivos humanos ou mesmo para quebrar a obediência dos ensinamentos do próprio Jesus. Muitos acham que o amor é o combustível que torna válido algumas ações como a prática do homossexualismo, porém precisamos entender que nunca o amor estimulado por Deus esta acima dos seus princípios. Ou seja, Deus não se contradiz. Na verdade toda e qualquer ação ou atributo que vem do Senhor é complemento do que Ele mesmo falou.

Quando citei sobre pensamento cognitivo estou querendo dizer que a história bíblica cede e submete ao querer de Deus, suas intenções estão acima de nossos parâmetros. Ele (Deus) existe fora do tempo, onde o passado e futuro são a mesma coisa. - Onipresença que vem do Ser Atemporal - Com esta concepção, podemos traçar um plano dizendo que o Deus, o Mesmo que condenou no passado, O Deus que está presente em todo tempo, condenou no Novo Testamento e condenará o homossexualismo (pecado) sempre, justamente porque o ser de Deus é imutável.

Creio eu que muita coisa só será entendida ao buscarmos uma orientação direta de Deus através da renuncia de nossos valores, paixões e sonhos carnais. A medida do esvaziamento de si mesmo, da intimidade, da solitude e da reflexão. Isto só vem através da oração ao Deus Todo Poderoso para revelar a verdade. Esta é a verdade absoluta para nós, ou seja, a verdade de Deus. E aí mora o problema do homossexualismo, pois ele é conflitante com um passo de nosso discipulado que é a renúncia.  A renúncia para seguir a Cristo não é uma opção, mas um passo para ser discípulo. Ela é independente do quadro que as pessoas estão vivendo, ela é a condição para seguirmos a Jesus. A mesma esta inclusa dentro da verdade de Deus que é o fator que gera a libertação. Todos os pecadores, de todos os tipos quando entendem o significado do Evangelho e resolvem seguir a Jesus, naquele momento de decisão lhes é entregue passos iniciais tais como a renúncia para segui-lo. O homossexual por vezes prefere se entregar a sua própria paixão do que fugir dela. Prefere viver sendo homossexual a renunciar o seu homossexualismo.

A luz das escrituras sagradas não há uma discriminação sobre a sexualidade, há uma instrução para aquele que se submete ao contexto bíblico. A Bíblia orienta, o cristão obedece. Isto é lido como conceito preestabelecido por Deus, porém não se trata de fator imposto a quem não pertence ao contexto, ao contrário do que pensam os militantes pró-homossexualismo.

54 comentários:

Anônimo disse...

Amiguinho, entao e bom voce comecar a juntar pedras para atirar na primeira mocinha que voce considerar devassa. A Biblia tambem manda fazer isso, nao e mesmo? O Cristo nunca falou contra os homosexuais...alias, ele nunca falou contra ninguem. A sua mensagem sempre foi de amor. No entanto, ele nos pediu que jamais julgaramos para que nao estivessemos expostos a um julgamento, nos mesmos. Minha opiniao: em vez de se declarar tao fiel a Deus e se posicionar contra os seus irmaos em Cristo, voce deveria refletir sobre outros temas mais serios, tais quais a fome, violencia, injustica social e lavagem de dinheiro em igrejas de todas as naturezas, principalmente as evangelicas.

Daniel Moreira disse...

Ola Anonimozinho.

Vc se contradiz por pensar que Cristo nunca falou contra os homossexuais. Não sei se vc conhece sobre pensamento cognitivo, ele se traduz da seguinte maneira: O aprendizado se dá pela apreensão dos dados e do conhecimento imediato de um objeto mental, ou seja, envolve atenção, percepção, memória, raciocínio, juízo, imaginação, pensamento e linguagem ao longo de um contexto. No caso de Cristo, seu contexto não iniciou na sua vinda a Terra, mas desde a Criação onde com a participação Dele tudo se fez.

Vc releva uma das características de Cristo desprezando toda história que o trouxe e toda uma construção de fundamentos que Ele mesmo propôs para humanidade. Esquece que o mesmo citou a Bíblia como palavra de Deus; Esquece que Jesus menciona as Escrituras para combater a Satanás; Irreleva as cartas de Paulo e a inspiração canônica, apenas por eles (Jesus e Paulo) se posicionarem contra como citei no texto. O mesmo Paulo que em Coríntios ensinou a todos nós um sentido amor que na concepção Crista é fator que torna válido e diferencia os nossos atributos, não pela lógica sentimental ou referencia humana, mas por fazer referencia a um amor que só é alcançado na força do Senhor. Ou seja, só alcança esse amor quem esta em Cristo. João 14 é bom começo para entender.

E digo mais: Sabe o que parece no caso de alguns? Que o amor é justificativa para tudo, como se o amor permitisse qualquer pessoa viver em pecado. "Posso me prostituir, pois eu amo a vida de prostituição!". Mas, no amor incondicional não existe mérito humano. O mesmo não pode servir de justificativa para aceitação de práticas pecaminosas e por isso, os homens não podem usá-lo com banalidade para justificar suas ações. Desculpe-me anonimozinho, mas se vc estivesse disposto a conhecer a vida de Cristo, iria perceber muito mais coisas maravilhosas acerca do Mesmo do que apenas aquilo que vc pressupõe e propõe a si mesmo. A Bíblia não é para ser usada para nossa serventia se modelando a cada caso. Enfim, isso se vc concorda que a Bíblia é a palavra de Deus.

De qualquer maneira a historia cede ao querer Dele (Cristo), suas intenções estão acima de nossos parâmetros. Ele existe fora do tempo onde passado e futuro mesmo são. Com esta concepção vc conseguirá entender que o Mesmo Deus que condenou no passado o homossexualismo, por ser Deus imutável e por não existir diferença de tempo, é o mesmo de Deus que condena o homossexualismo hoje. Entende isso, se não, o mesmo Deus que condenou no passado e que deu a maior prova de amor que a humanidade ja viu, é o Deus que condena o homossexualismo hoje.

Se ainda vc teme pelo que digo, ore ao Deus Todo Poderoso e peça a Ele para manifestar de verdade com sua verdade. Quem sabe assim vc não deixa de ser anonimozinho e passa a ser filhinho querido. Essa será o meu maior prazer.

Quanto as suas conclusões, sobre a prostituição e homossexualismo, ambos são pecado e não ha nada que justifique nenhum pecado. Quanto atirar a pedra, a única que pedra que atiro se chama pedra angular...

Erick disse...

Sinceramente, por trás deste discurso politicamente correto, há fatores que indicam quão pequeno são os seres humanos. A busca por explicações e entendimentos ultrapassam quaisquer barreiras da era moderna.
Visa-se usar as palavras de Deus, por meio hipócrita, desumano, a fim de apontar terceiros, livrando-se de suas próprias culpas, escondendo-se em máscaras religiosas. Enfim, as discussões embasadas em estudos teológicos, específicos, não dizem nada, se não forem sentidos com o coração. É muito fácil apontar a corrupção do mundo, taxar erros, e o difícil mesmo é estabelecer a ordem, o bom senso e a mania terrível em sobressair aos ditos de outros. Fixa-se então apenas o ponto de vista de um dialetante, extingue-se as outras possibilidades.
No mundo hodierno, existe sim as pessoas que querem gozar de prazeres fáceis, mas existem tbém pessoas de boa fé, que errando ou cometendo pecado, são seres humanos, o que não muda este fator, e tratar de homossexualismo, é tratar de pessoas que estão no mundo para cumprirem seus trajetos, e mesmo deturpados, ainda sim são criaturas criadas pelo criador. Antes de repudiá-los, perceba, já que és tão embasado nos fundamentos bíblicos, que o amor de Deus é infindo, que é um Deus que perdoa e que morreu na cruz exatamente para que nós não fossemos colocados na cruz. O abominável mesmo são pessoas que querem usar a palavra de Deus para maltratar, taxar o que é certo e o que é errado, lembrando que somos pessoas falíveis e que de um certo modo pecamos, mesmo por estes debates irrisórios.

Daniel Moreira disse...

Eu me lembro das pessoas falando de modernização no passado, construindo um ideal para um futuro que é completamente distante de tudo que se tornou. Mas não me lembro da bíblia ter errado quando a mesma prevê uma série de coisas sobre o futuro. E nessa ótica quero respondê-lo, considerando tudo que ja foi escrito no post e nos comentários.

"Sinceramente, por trás deste discurso politicamente correto, há fatores que indicam quão pequeno são os seres humanos."

Discurso politicamente correto - Para vc, o fato de eu considerar a Bíblia por ser um cristão e propor uma leitura de mundo baseada no que ela diz, apesar do meu discurso estar correto (como vc mesmo diz), eu ainda assim sou pequeno. Ainda bem!! Pelo menos não se torna uma contradição, o fato de existir toda uma construção no meu entendimento que releva os parâmetros bíblicos para minha vida. E diferente do que vc pensa ser pequeno para mim tbem é relevante. Na minha "pequenez", e até com os meus erros, formata a minha vida como Ser dependente do Criador. De qualquer forma, seu juízo feito apenas por minha posição, descreve bem qual é sua intenção.

A busca por explicações e entendimentos ultrapassam quaisquer barreiras da era moderna.
Visa-se usar as palavras de Deus, por meio hipócrita, desumano, a fim de apontar terceiros, livrando-se de suas próprias culpas, escondendo-se em máscaras religiosas.

Erick, vc um dia buscou explicação para ter sua posição. Ninguém cresce sem aprender com alguém, sem buscar soluções para seu questionamento. No meu caso, eu encontrei as minhas resoluções em Cristo e mais, renunciei os meus valores porque entendi plenamente que as razões de minha existência são completamente limitadas quando se trata do Infinito saber de Deus. Submeto a Soberania Plena Dele. E mesmo com minha obediência sem questionar, Ele com seu favor permite o conhecimento para que meu entendimento seja iluminado. Não tenho nenhuma intenção com explicações humanas, quando tenho explicações em Cristo. As Deles me são suficientes.

Se isso serve de consolo para vc, sou ultrapassado, careta... As adaptações modernas para mim são apenas um cumprimento do que a palavra diz, e se assim continuar, pelo que parece, serei perseguido. E isso me consola, por saber que Cristo tbem o foi. Estou seguindo a Ele e não a vc. Sobre todas as outras acusações, posso lhe dizer com toda certeza do mundo, Deus é meu Juiz e mesmo que pareça auto-afirmação, não estou aqui neste espaço para ser o que vc quer, mas para ser o que Deus quer.

Enfim, as discussões embasadas em estudos teológicos, específicos, não dizem nada, se não forem sentidos com o coração.

Mais uma vez desvirtuou para um sentindo que lhe convém. Repare: Na sua visão vc propõe o sentimento humano como prioridade. Desconsidera a Teologia e seus anos de estudos (como se ela não fosse feita por homens), colocando-a escrava de sentimentos humanos, os mesmos sentimentos do coração que levam pessoas sandices. A bíblia não pode ser manipulada para o próprio beneficio de quem a tem, ou seja, ela tem um propósito definido que independe de nossas vontades. Pois pelo que sei, todos somos diferentes, e o que ela propões é um sentido de restauração que vem do Criador se posicionando como referencia normativa para aqueles que como eu desejam segui-la. Na maioria dos casos, a inconseqüência de uma vida baseada em si mesmo resulta em feridas para si mesmo. É lógico e simples assim... Ai passa o tempo, e a modernidade dita outra sensação, e vc, segue sem pestanejar, tornando sua vida desvairada. Torna sua vida escrava do momento, sem rumo e sem referencia. Mas o Deus que esta acima do Tempo, conforme disse outrora, onde o passado e futuro para ele mesmo são, ele já ensinou em duas passagens:

Jeremias 17:9; "Enganoso é coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?"

Mateus 15:19; "Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias."

É isso ai... É por isso que não escrevo para mim, mas escrevo por Deus. Porque sei que minhas intenções tende a se adaptar para o momento, e essa adptação é uma forma minuciosa de corrupção moral.

É muito fácil apontar a corrupção do mundo, taxar erros, e o difícil mesmo é estabelecer a ordem, o bom senso e a mania terrível em sobressair aos ditos de outros. Fixa-se então apenas o ponto de vista de um dialetante, extingue-se as outras possibilidades.

Quem disse que quero apontar o mundo? O mundo e as coisas que estão nele ja estão condenados antes mesmo da minha existência. E se vc aponta qualquer distúrbio desse acima como ordem, onde um tio estupra, onde o sujeito adapta o seu corpo e sentido natural para ser mulher. E todas as outras coisas que citei, se vc considera normal, essa é a nossa diferença.

No mundo hodierno, existe sim as pessoas que querem gozar de prazeres fáceis, mas existem tbém pessoas de boa fé, que errando ou cometendo pecado, são seres humanos, o que não muda este fator, e tratar de homossexualismo, é tratar de pessoas que estão no mundo para cumprirem seus trajetos, e mesmo deturpados, ainda sim são criaturas criadas pelo criador. Antes de repudiá-los, perceba, já que és tão embasado nos fundamentos bíblicos, que o amor de Deus é infindo, que é um Deus que perdoa e que morreu na cruz exatamente para que nós não fôssemos colocados na cruz

Parece que vc leu negligentemente o post e os comentários, e tentou aproveitar o momento para desabafar de forma impensada (mesmo que pareça pensada) e comentar de forma difamatória tudo o que eu escrevi. Ou talvez seja uma forma de tentar ser intelectualmente resolvido, pois bem, como não sei o motivo, escrevi acima no post e nos comentários todas explicações.

Humanos eu sei que são. Comentário preconceituoso foi o seu em referir os mesmo com deturpados, sendo que considero deturpação as atitudes e não as pessoas. Não brigo contra pessoas, melhor, não brigo contra ninguém porque sei que o caminho não é esse.

Sobre o amor, falarei de forma simples, ele não serve de justificativa para nada que é humano. Ele esta em um patamar muito acima dos sentimentos do coração humano, pois nele não há a inconstância humana. Deus enviou se filho por amor, porém não desobrigou ninguém do arrependimento quanto criamos a consciência de que existe um caminho a ser seguido. Reforço, assim como falei acima, que o amor não é justificativa para que homens andem como pensam sem relevar o verdadeiro sentido da vida. O amor é uma dádiva de Deus de compreender a mim e a vc, mesmo quando somos o oposto daquilo que o Próprio Deus deseja. Então, concordo com vc que o amor de Deus é um elo de ligação entre eu e qualquer pessoa, porém discordo quando vc pensa que mesmo pode ser justificativa de práticas que a Bíblia condena. Deus não se contradiz, e por isso o amor de Deus esta em um patamar que sentimento humano não compreende. Amor que não busca o próprio interesse, que não trata com Leviandade, tudo sofre, tudo crê e tudo espera. Um amor infalível, assim como o exemplo de morte e ressureição que Jesus nos demonstrou na Cruz.

Quanto a todo resto que vc escreveu, apesar de sempre considerar o que os leitores do Blog escrevem, da para ver que vc é esporádico, já que impõe um pensamento muito distante dos que sempre vem aqui. E por isso, faço questão de lhe dizer taxativamente, queira vc ou não, o homossexualismo é pecado.

E não tem mais conversa sobre isso...

Anônimo disse...

Deus ama o pecador, mais ele abomina o pecado. Ele é amor certo? Certo. Mas ele também é fogo consumidor é Justiça... Ou seja, se ta errado mano, vai mesmo é para o inferno, a palavra de Deus é bem clara e diz: sim, sim - não, não... Deus fez o homem e a mulher se você quer mudar o rumo da sua vida vá em frente.

Afinal: Todas as coisas me são licitas mais nem todas me convém.

Se Ele mesmo assim o diz o que mais eu terei a dizer?

Glória a Deus por tua vida irmão Daniel.

douglas gonçalves disse...

OLA QUERIDO IRMAO
EU QUANDO CRIANCA FUI ESTRUPADO E FIKEI VICIADO
E QUANDO ADOLECENTE TBM ME APAIXONEI POR MEU BARBEIRO DE UMA FORMA INESPLICAVEL HJ TENHO RELACIONAMENTO COM HOMENS AINDA E LARGUEI O MEU MINISTERIO TUDO QUE DEUS TINHA ME DADO E HJ ME ARREPENDO E TE DIGO QUEM TEM O ESPIRITO SANTO SABE MUITO BEM QUE NAO E DE DEUS O HOMOSEXUALISMO POIS O E.S.CONVENCE O HOMEN DO PECADO ASSIN EU CREIO MAIS A LIBERTACAO PRO HOMOSEXUALISMO E A ADORACAO POIS A ADORACAO QUEBRA AS CADEIAS QUANDO VC ADORA VC SO QUER DEUS E NAO SEXO
NOIS NAO VIVEMOS DE SEXO NEM DEPENDEMOS MASIS SIM SOMOS DEPEDENTES DE JESUS POIS SEM ELE NOIS NAO SOMOS NADA OBRIGADO POR TENTAR NOS AJUDAR E QUE DEUS CONTINUE TE DANDO REVELACAO E TE ABENCOANDO E PARA TODOS OS LEITORES HOMOSEXUAIS SE ADAO E EVA FOSSE HOMOSEXUAIS NAUM EXISTIRIA NINGUEM NA FASSE DA TERRA O DIABO VEIO PRA ROUBAR MATAR E DESTRUIR E ISSO E UMA FORMA DE DESTRUIR A FAMILIA VC NAUM PODE TER FILHOS COM TEU PARCEIRO E AINDA POR CIMA E UMA VERGONHA PRA FAMILIA NE MELHOR VC ADORAR A DEUS ESQUECA TUDO NAUM TENHA SUA VIDA POR PRECIOSA MAIS O EVANGELHO POR PRECIOSO POIS E ISSO QUE PREVALECE A PAZ.........

Daniel Moreira disse...

Douglas a única coisa posso te dizer é volte para Cristo pois ele esta no mesmo lugar te esperando de braços abertos...
Um abraço e conte comigo

akaihen disse...

Olá daniel! Nada que eu diga vai ser melhor do que você escreveu, você tem jeito pra coisa. Contudo, queria só dizer que estou adicionando vc no meu blogroll e se possível queria te adicionar no msn para trocar idéias. è dificil encontrar irmãos em Cristo com sensatez como você demonstrou no seu texto! paz irmão!

Anônimo disse...

Daniel... voce parece muito sabio e conhecedor da biblia, muito interesante esse texto.. suas experiencias sao interesantes... Mas eu quero demonstrar minha extrema decepcao com as coisas que escreveu, uma das frases mais importantes que levo comigo e continuo levando eh... Nao vemos as coisas como elas sao, mas como nos samos... pense nisso... voce sente repudio de um gay, frustado por atitudes gay, porque acredita em um livro que nem ao menos sabe quem foram os reais autores...eu sou gay, tenho 16 anos... nao acredito em Deus, a questao eh, pra que acreditaria em algo que serve simplesmente como objeto para me justificar e me classificar como abominavel... Daniel, seus conceitos do que eh mal e do que eh bom eh estranho, do que eh certo e do que eh errado, suas justificativas nao sao proprias, voce presisa de um livro para ter suas opnioes? caso seja isso eu lamento, nao consegue enchegar o mundo como realmente eh amigo, sabe de que tenho nojo, e de que tenho repudio? de gente matando gente, de gente robando gente, de gente machucando gente, voce me parece muto sabio, mas sabio em apenas um aspecto, no aspecto que somente lhe interesa...Agora eu? Eu amigo, eu nao mato, eu nao machuco gente, afinal oque muda na sua vida eu ou aluguem ser homosexual? oque importa eh a personalidade de cada, sempre fui carinhoso com minha familia, batalho na escola e tenho meus objetivos de vida.. minha essencia, o meu eu... nada difere alem dakilo que nao eh da sua conta e nao fara diferenca nenhuma em sua vida.. a minha homosexualidade! pense, pense e reflita...voce nao reconhece que cada vez que repete sua condenacao eterna aos gays, toda vez que refere a eles como doentes ou perigosos as nossas criancas, vc esta destruindo a auto estima e o valor proprio de cada um deles... intao pare, pare e pense, pense muito...As esperancas e sonhos nao devem ser tomados de ninguem, hoje ha criancas e adolescentes gays, que podem ler oque esta escrito aki, sem voce saber, elas estarao ouvindo enquanto voce ecoa a palavra "amem"(suas ideias e seus preconceitos), e isso logo silenciara as preces dos mesmos, que sao gays e acreditam no amor de seu deus, suas preces para Deus por entendimento e aceitacao e pelo amor de todos inclusive o seu,mas o seu odio e medo e ignorancia da palavra" gay" silenciara essas preces.Intao, antes de ecoar "Amem"na sua casa e no lugar de adoracao, pense, pense e lembra-se, uma crianca esta ouvindo!

Obrigado! e tenha uma boa noite!

Anônimo disse...

Querido irmão em cristo que a graça e apaz esteja convosco. Daniel o seu comentário e perfeito porque vc não fala por vc mas atrvés das escrituras sagradas. Cada um viva conforme a sua cosciencia mas sabendo que terá que prestar conta dos seus atos. Deus criou homem e mulher e ordenou que se multiplicassem .Não sendo possivel assim a união entre seres do mesmo sexo. Se acreditamos em Deus devemos viver segundo a sua vontade.

Daniel Moreira disse...

Caro,

a impressão que tive lendo o seu texto é que vc tem mais para argumentar do que isso escreveu, mas por alguma razão não se expõe. Tbem parece ser alguem que tem posição definida.

Vou responder por partes

"Daniel... voce parece muito sabio e conhecedor da biblia, muito interesante esse texto.. suas experiencias sao interesantes... Mas eu quero demonstrar minha extrema decepcao com as coisas que escreveu, uma das frases mais importantes que levo comigo e continuo levando eh... Nao vemos as coisas como elas sao, mas como nos samos... pense nisso..."

Definitivamente não sou sábio e nem conhecedor das escrituras como deveria e desejo. Porém levo a Bíblia seriamente e não como um livro banal. E nisso, posso dizer que concordo que nossa visão é "embassada" e "limitada" acerca da vida. E por este motivo, busco conhecimento bíblico para as minhas respostas. Mas não tenho "gabarito" para te explicar o amor que levou a crer "cegamente" (embora agora que enxergo as coisas) em Cristo. Apenas posso dizer que Ele é Real e inexplicável presente. Agora lhe garanto que se vc abrir seu coração de todo entendimento, com toda certeza Cristo pode te libertar e convergir toda sua história.

Peço desculpa pela decepção ou desconforto que lhe causei, e reafirmo que nossas influencias pesam em nossa visão. Ou seja, pensei nisso como vc sugeriu. Porém discordo plenamente de vc se acha que sinto repúdio das pessoas. Se ler todos os textos e comentários que fiz relacionados aos homossexuais, perceberá que sempre frisei o homossexualismo e não o ser humano. Sei que minhas palavras devem ter gerado um desconforto ao ponto de vc me escrever, mas as coisas que digo funcionam debaixo de uma visão Cristã.

Atualmente trabalho em um lugar onde existe muitos homossexuais, talvez a maioria dos homens que la trabalham sejam homossexuais. Convivo diariamente e ouço suas histórias. Compartilho o sofrimento deles. Porém a maioria vivem errantemente e propõe a si mesmo uma vida de promiscuidade e orgias. São escravos de uma vida "louca" onde não tem controle e limites de si mesmos. Ou sejam não conseguem parar. É como vício. Posso perceber que apesar das frases prontas de uma provável "auto-defesa" que todos eles usam, culpando preconceitos sociais e religiosos, todos eles são pessoas sem paz e sozinhos (mesmo quando estão acompanhados). Eles mesmos não se veem com bons olhos, mas com a decepção e inveja por não serem como desejam. E a culpa disso tudo não é deles, mas de uma condenação maligna que este mundo propõe.

Lutam contra própria natureza e por mais que "digam" que são felizes, é possível ver a infelicidade retratada por carregarem um fardo pesado de uma vida desvairada, superficial e cheia de dor e sofrimento.

Quando vc mesmo cita o argumento de que "Nao vemos as coisas como elas sao, mas como nos somos", vc diz indiretamente que a influencia de sua vida te fará sempre ser parcial e impreciso quanto a leitura. Simplesmente porque fica a cargo de sua criação e ambiente tudo o que vc fizer na sua vida. Ou seja abusos de parentes, decepções amorosas, injustiças socias, estupros, homicidios, mortes, perdas irreparáveis do ponto de vista humano - tudo isso modelando sua visão. Agora imagine vc diante de uma situação, seguindo o critério do que vc é, e sem considerar seu modo natural ou mesmo sua intenção, e com sua visão assume uma leitura e determina uma ação. O resultado seria imprecisão e consquetemente a injustiça de um julgamento precipitado. O coração nos engana tanto que compromente nosso raciocínio. Por isso te pergunto; Quem melhor para entender toda a Criação se não for o criador? Ele é isento de nossas picuinhas, emoções e todas coisas que prejudicam a visão. Deus concedeu uma essencia natural ao seres viventes, porém viver fora deste propósito é morte certa.

No seu caso, o que vc leva consigo é herança de tudo aquilo que vc viveu e sofreu, sendo primordial na suas escolhas. Porém para mim isso não basta, porque minhas experiências são insuficientes para responder a mim mesmo quantos mais a toda humanidade.

Daniel Moreira disse...

"voce sente repudio de um gay, frustado por atitudes gay, porque acredita em um livro que nem ao menos sabe quem foram os reais autores...eu sou gay, tenho 16 anos... nao acredito em Deus, a questao eh, pra que acreditaria em algo que serve simplesmente como objeto para me justificar e me classificar como abominavel..."

Eu acredito Naquele que é a fonte de inspiração do Bíblia como escritura sagrada. Provavelmente os autores desconhecidos de alguns livros na composição da Bíblia são pessoas que não tinha a pretensão vaidosa de deixar seus nomes marcados, apenas por saber que a obra inspirada não vinha deles.

Agora pense: Se um dia chegasse em sua casa e visse um origame em cima de sua mesa vc pensaria: Quem fez isso ai? Assim somos nós. Alguem nos fez. Alguem originou a vida. Ou vc acredita no Big Bang? Eu creio que o Único com amor suficiente para entregar seu Filho independente da classe, credo, cor ou opção sexual esta pronto para atende-lo, e o conhecemos como Deus. E por Ele, tenho conhecimento daquilo que citei nos comentários, que o Próprio Deus deseja a restauração daquilo que Ele Mesmo desejou para a humanidade.

Daniel Moreira disse...

"Daniel, seus conceitos do que eh mal e do que eh bom eh estranho, do que eh certo e do que eh errado, suas justificativas nao sao proprias, voce presisa de um livro para ter suas opnioes? caso seja isso eu lamento, nao consegue enchegar o mundo como realmente eh amigo, sabe de que tenho nojo, e de que tenho repudio? de gente matando gente, de gente robando gente, de gente machucando gente, voce me parece muto sabio, mas sabio em apenas um aspecto, no aspecto que somente lhe interesa...Agora eu? Eu amigo, eu nao mato, eu nao machuco gente, afinal oque muda na sua vida eu ou aluguem ser homosexual? oque importa eh a personalidade de cada, sempre fui carinhoso com minha familia, batalho na escola e tenho meus objetivos de vida.. minha essencia, o meu eu... nada difere alem dakilo que nao eh da sua conta e nao fara diferenca nenhuma em sua vida.. a minha homosexualidade! pense, pense e reflita..."

Primeiro, as coisas que vc faz diretamente e indiretamente mostra sua identidade, porém não invalida em nada o que eu disse. A sua visão de lutar, mostra determinação e de certa forma uma obrigação natural que deve ser inerente a todos nós. Por isso não o trato com indiferença achando que vc é inferior ou menos humano e nem tenho que ficar aqui notando e frisando publicamente suas auto-afirmações, apenas quero lhe dizer que considero a Bíblia como palavra de Deus por uma série ações que ela atesta e exerce sobre a humanidade, prevendo proféticamente os acontecimentos que inclusive testemunho todos os dias. A mim cabe mostrar a vc o quanto Deus é real atraves da minha vida ao ponto de transformar a vida de qualquer pessoa.

Sobre sua homossexualidade, eu a trato com todo respeito. Nunca questionei seus modos e lealdade quantos aos seus familiares. E se sua intenção é mostrar que vc, mesmo sendo homossexual consegue ser normal, quero lhe dizer que isso tbem nunca foi questionado. O ponto que tento expor é que algo "quebrou" durante alguma parte de sua criação. Os exemplos que citei são para mostrar que a homossexualidade é uma realidade que se manifesta de forma bem "disfuncional", tanto que a pessoa não nasce homossexual, e sim torna homossexual e assume. Por este motivo não julgo ninguém e nem me afasto de ninguém que seja homossexual, porque sei que o que leva a pessoa a se tornar "diferente" esta relacionada com algumas coisas como a quebra de algum pacto no contexto da criação familiar que o decepcionou ou frustrou trazendo algum distúrbio em alguma parte do "processo", e nisso me a homossexualidade. E como cristão, assim como os homens incrédulos, adúlteros, cobradores de "impostos", prostitutas e todo homem sem o governo de Deus, os homossexuais são responsabilidade do IDE.

Daniel Moreira disse...

Por fim

Atesto tbem que a Bíblia é clara, e se posiciona sobre o assunto da homossexualidade como pecado. Porém não é condenando ninguem que mudamos, e sim mostrando o Deus amoroso que atraves de sua graça tem poder para libertar a vida de qualquer um.

Infelizmente o homossexualismo é o tema do momento. Por isso existem opinões inflamadas e politicas por todos os cantos, mas poucos levam o assunto com a lucidez necessária. Refiro-me a uma seriedade que não se discute apenas como referencia o que o homossexual pensa, mas tbem o que levou a pessoa ao homossexualismo. E de forma bem avançada, os problemas na formação da identidade. Ou seja, a mesma identidade que alguns autores de livro defendem como fator que valida o homossexualismo. Na prática, o homossexualismo conflita justamente porque a sexualidade é caracterizada por elementos fisicos naturalmente, e tbem com resultado natural que a relação entre sexos opostos traz. A conclusão é sempre a mesma, na relação entre homossexuais não origina a vida como a conhecemos e concebemos.

Sabemos que nossa formação é inerente as nossas referências e influencias, e que, apesar de nascermos com a construção natural que nos classifica como homem e mulher, em nossa "criação" é que aprendemos a postura referente a nossa sexualidade natural. Ou seja, homem geralmente é criado como homem e mulher como mulher. Obviamente isso envolve muitos aspectos desde referencia paternal, ambiente em que estamos inseridos, a edução que recebemos, tradições e por ai vai... Entretanto, não é isso que discuto, e sim a visão cristã para a criação. Relevo essencialmente a criação no ponto de vista do Criador, e até mesmo a missão Dele no aspecto de restauração que todo ser humano precisa independente de ser homossexual ou não. Então não me entenda mal, mas o que falo aqui sobre o angulo bíblico.

Agora, se ainda entende mal o que eu digo, só me resta orar por vc.

PS.:Como respondi na madrugada de sabado, por desconsiderem os erros ortográficos.

Anônimo disse...

Daniel, eu entendi tudo o que vc disse,foi exatamente o que meu pai me disse quando eu perguntei a respeito.Tenho 14 anos e sou evangélico mas sou gay,e estou aflito, pois ao contrário do que muitos acham não é uma opção sexual(pelo menos no meu caso não foi,e nem fui estuprado nem nada)apenas descobri que gostava de garotos, mas nunca pratiquei.
Me dói muito,a ponto de chorar isso tudo, pois toda noite eu dobro meus joelhos para orar por tudo e toda minha família e agradeçer o dia,e ainda assim todo dia tenho que conviver com o fato de que quando eu morrer vou para o inferno,e alem disso saber que não tem cura e que Deus como disse meu pai 'vomita em cima disso', nunca tive vontade de me vestir de mulher ou de ser uma mulher de fazer preenchimento,nunca fiz mal a ninguém muito pelo contrário gosto de ser gentil com o próximo,mas inegavelmente tenho atração sexual por homens. Apesar da bíblia condenar o homosexualismo NUNCA eu vou negar o nome de Deus em hipótese alguma, mas sinto muito medo e não sei o que devo fazer...

Daniel Moreira disse...

Irmão,

posso te ajudar.

Enviei um email para dramofilho@gmail.com e podemos conversar sobre essa situação. Tenho certeza que Jesus pode aliviar seu coração em muitas coisas.

Jesus é contigo.

Anônimo disse...

Perdi um namoro de quase 5 anos porque minha namorada começou a ter amizade com um gay, que apresentou outros amigos gays a ela, e assim ela começou a mudar o seu jeito de ser e de pensar comigo!...ela começou a achar que tudo na vida dela girava em torno das idéias deles.
Não tenho nada contra a opção sexual de cada um não, mas quando uma pessoa correta começa a ter amizades com esse tipo de gente que tem alternativas diferentes as coisas vão de mal a pior.
Abração a todos!

Cilene disse...

A Paz do Senhor Daniel! Parabéns!!!

Você tem plantado a semente, mas agora precisamos orar e pedir que Deus dê o crescimento, pois a palavra de Deus diz que um planta e outro rega, porem quem dá o crescimento é Deus, e isso dependerá da terra onde essa semente cair.

A palavra de Deus é clara, e se orarmos Ele nos confirma, mas hoje, infelizmente as pessoas tem se entregado aos prazeres da carne, e confundem o amor incondicional de Jesus com promisquidade, lacivia...

Que Deus abençoe, guarde e liberte... porque Ele pode!!!!

Anônimo disse...

A questao sobre a ótica feminina:

Para a maioria das mulheres evangélicas o futuro está quase sempre traçado. A ordem natural das coisas é que – além de conquistarem um futuro profissional – elas conheçam um bom rapaz e construam uma família. Mas na busca pelo par ideal, alguns percalços atravessam o caminho de muitas jovens cristãs. E um dos mais delicados atualmente diz respeito à sexualidade dos rapazes. Muitos dos considerados “bons partidos” da igreja podem esconder um segredo por trás de sua fé: uma tendência homossexual.
A questão é pouco discutida. A homossexualidade ainda é um grande tabu no meio cristão. No entanto, a indiferença em relação ao tema não impede que o problema exista. Hoje em dia, já é bastante normal falar sobre sexualidade na igreja, inclusive sobre a situação dos que não conseguem esperar o casamento para transar. No entanto, quando se fala em sexo, o discurso sempre parte do pressuposto de que todos os membros são heterossexuais convictos e que ser cristão é igual a ser heterossexual.
Existe um mundo secreto organizado por homens que praticam o homosexualismo no meio do povo de Deus, colocando em perigo as namoradas e esposas. (ler Juizes 19 sobre o episódio ocorrido em Gibea).

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

Uma alegria conhecer seu blog. O Eterno lhe use ainda mais como voz profética e apologética.

Medite em Pv 23.23

Nele, Pr Marcello

Visite>> http://davarelohim.blogspot.com/

e veja o texto:

Paulo e a citação do poeta Epimênides

Anônimo disse...

Tenho um filho de 16 anos e soube ontem de sua boca que teve um relacionamento sexual com outro homem ( um amigo de 20 anos). Ele sofreu abuso de um primo mais velho quando tinha 3 anos, passou por psicologos, sou catolica, mas confesso estar perdendo minha fé. Como posso tirar meu filho dessa compania (ele continua se encontrando com esse amigo)e seu circulo de amizade é todo homoxexual, as amigas são lesbicas e os meninos são ou estam esperimentando práticas homosexuais, e dizem ser normal...o que fazer nessa situação, já que proibir as amizades não resolve?

Daniel Moreira disse...

Vc não vai conseguir por ele.

Ele tem que reconhecer que é homosexual e procurar ajuda. Principalmente porque no caso dele é fruto de abuso, e consequetemente gerou traumas.

Vc como mãe só deve continuar orientando e tendo paciencia. Um site que pode ajudar é esse - http://sexxxchurch.com/home/ - É um site especializado homossexualismo e pornografia. Navegue por ele, e escreva sua situação para um dos conselheiros.

Eu estarei a disposição se seu filho quiser conversar e tbem estarei orando.

DIÓGENES disse...

Olá a todos. Não li todas as postagens deste Blog, pois estou há mais de quatro horas lendo as de outros. Voi iniciar com uma idéia de efeito: com certeza muitos sabem que o conhecimento do homem é loucura, se comparado a DEUS, portanto, TODOS vocês são loucos, não entendem bem como se dá o propósito de DEUS, com raríssimas exceções. Pois bem, devo dizer que, NO MEU CASO, tenho atração por homens desde os meus 14 anos, sofri abusos na infância por parte de um padrasto e de outras pessoas que nem ousaria revelar aqui.
Sofri bastante desde que começei a sentir tais impulsos, pois até os 14 anos eu tinha atrações por garotas, e nunca por homens.
Minha primeira relação sexual ocorreu aos 17 anos, onde optei cometer com uma mulher, pois acreditava que, fazendo sexo com uma garota eu iria VOLTAR a sentir desejo SOMENTE por mulheres, mas com 18 anos, estando num grau de depressão que beirava ao suicídio, resolvi ter relação com um homem. Como eu suspeitava, foi mais prazeroso com um homem, mas ainda assim, me relutava só em imaginar viver a vida com uma pessoa do mesmo sexo que o meu. Dos 19 anos aos 20 acho que tive 02 (duas) relações com homens. Hoje ainda estou com 20 anos de idade, sou um rapaz fisicamente saudável, MUITO atraente, finalista da faculdade de Direito, e com toda uma vida pela frente, MAS, rememorando todos os passos que dei, todas as atitudes, as pensadas e as inpensadas, cheguei a categórica conclusão de que HOMOSSEXUALISMO É PECADO, ABOMINAÇÃO, é ferir com ferro as Costas de DEUS, é trair o propósito DIVINO. Isso posso dizer a plenos pulmões, pois estudo, leio muito, até mesmo muito desses comentários horríveis, cheios de erros de português, de preconceito, de egoísmo, de BURRICE, de ignorância. Devo dizer que odiei quase todos os comentários que li, pois há muita ingenuidade e falta de bom senso, tanto por parte daqueles que acreditam ser o homossexualismo pecado, como por parte dos que não acreditam.
Muitos podem achar que trata-se apenas de uma visão parcial do caso em tela, mas ATENÇÃO, não é. Não sou filósofo renomado, apresentador de programa ou político corrupto para querer criar escândalos, mas DIGO: HOMOSSEXUALISMO É PECADO, a Bíblia elenca, taxa, diz de frente para trás e de trás para frente, o homem pode ser esconder dos olhos dos homens, mas não tem como fugir de DEUS. Estamos em um SISTEMA FECHADO, um pouco de estudo sobre DIALÉTICA (PLATÃO) pode esclarecer mais acerca do que estou dizendo.
Esse é um testemunho de um garoto que está cansado de "HIPOCRESIA" (encontrei diversos blogs com a palavra escrita assim), ou HIPOCRISIA (para os amantes do AURÉLIO). QUANTO AO REMÉDIO, ANTÍDOTO, CURA, devo dizer que não há medicina, teoria conspiratória ou OSCAR WILD que dê jeito. A solução está em cada um? Na escolha de cada indivíduo? Pergunta o leitor. DIGO que SIM, ou vc escolhe o BEM ou o mal te leva ao abismo. Então temos muito o que decidir, pois como diria Cobain, "a escolha é sua, não se atrase".
Quanto à minha escolha, estou tão cansado, mas tão cansado de, mesmo sabendo a VERDADE, não conseguir seguí-la, que realmente estou novamente inclinado ao SUICÍDIO. Sei que é covardia, mas pelomenos é uma covardia pequena se comparada ao preconceito, a falta de conhecimento, e à indiferença que há nesses comentários e, principalmente, no de outros Blogs. E a culpa é de quem? Minha? de TODOS esses comentários idiotas? do FOFÃO? Fico por aqui, abraço a todos, e se cuidem.

Daniel Moreira disse...

Irmão vc precisa de Cristo.

Eu posso te ajudar e tenho algumas indtituições que tbem podem te ajudar. Escreva-me diretamente no email - dramofilho@gmail.com

Danilo disse...

Gostaria de me referir ao "Anonimo" que se sentiu ofendido com o que foi dito acima...
Primeiramente.
- Tudo o que foi falado foi por meio da palavra de Deus. Logo comente algum texto biblico com o seu "contexto" ao invés de contextar o post sem nenhum argumento bíblico. Creio eu que o Texto Básico para esse tema já define tudo.
Agora vamos ao que interessa..
Na palavra de Deus diz.. que "um abismo chama outro abismo", e podemos também considerar isso como pecado.
A minha pergunta é ...
SERÁ QUE VOCÊ TEM VIVIDO A SANTIDADE QUE DEUS NOS ESPERA? SERÁ QUE VOCÊ TEM TEMOR E TREMOR A PALAVRA DE DEUS E AO PRÓPRIO DEUS?
COMO É A SUA VIDA? VOCÊ VIVE TODOS OS PRINCIPIOS BÍBLICOS DE FORMA CORRETA?
Examine-se a si mesmo, e veja se você está seguindo o caminho que o Senhor Jesus Cristo nos deixou. Ou se você quer andar pelo seu próprio caminho.

Anônimo disse...

Gostei muito do texto e usarei os trechos da bliblia para meu estudo.
De modo algum Deus poderia aceitar tal abominação.

Que Deus continue te usando apara pregar essa palavra tão sabia.

Deus te abençoe.

Roberto disse...

Na prática todo oq Daniel Moreira quiz expor é a uma simples opinião pessoa, baseada na palavra de Deus. Eu adoraria que esse mesmo estudo fosse escrito através de alguem que se diz "fui homossexual" e a cura está nisto ou aquilo. Heteros dizem sempre a mesma historia... o contexto é o mesmo! Primeiro: Assim como Deus cria um alejado, um doente mental, cria também o homossexual. São minorias as pessoas que se "tornam" homossexuais por vontade propria ou por traumas. A grande maioria (quase total) nasce sabendo oq é. Eu por exemplo, nasci num lar cristão, cresci debaixo da benção de Deus, porém homossexual. O que mais me deixa indignado, é que a palavra DELE condena, mas soluciona. Renunciar é oq todos os cristãos-homossexuais fazem... Deixarmos de praticar o sexo, conseguimos até por um período, mas quem consegue viver só? Nós nunca vmos deixar de ser oq nascemos pra ser. Um alejado, um deficiente fisico sabe que é deficiente, mas nunca o deixará de ser, assim como um portador de "sindrome de down" sabe oq tem, mas nunca vai deixar de ser oq é. Alguem já viu um portador de sindrome de down ser curado? Péra lá... Curado? Parece as vezes que Deus nos criou pra deixarmos sozinhos... Se somos um décimo da população mundial (de acordo com o IBGE) há muita gente com a mesma sede que eu, querer servir e não poder! Quem sabe se mexermos na região do cérebro (que coordena toda a área sentimental) talvez deixamos de ser o que nascemos pra ser ou será que Deus espera que façamos um sacrificio de vida como o Filho D'Ele (Jesus) que optemos pelo ceribato e ficamos neutros em relação à sentimentos afetivos, emocionais e conjugais.

DINIZ disse...

Diniz disse: Olá a todos, apareci por aqui buscando entendimento sobre o tema homossexualismo. Sou Cristão, não sou homossexual (mas isto me faz melhor do que os que são). Gostei de tudo que li, chorei e mostrei para minha esposa alguns posts. Temos 2 filhos jovens. Acho que este é um espaço fantástico para aprendermos e refletirmos. Damiel colocou pontos muito importantes, mas tal qual importante foi testemunhos de todos, que fazem enriquecer o conteúdo do tema. Te tudo que li sem querer exaurir minha busca por mais entendimento, o que ficou mais claro para mim é que homosexualismo pode ser uma opção ou não. O Homossexual pode ser vítima ou não. Que o abominável não é o pecador e sim o pecado. Que se você é homossexual e conhece a palavra de Deus e continua a praticar o homossexualismo é porque você optou por abrir mão da sua luta, da sua cruz, a buscar e viver o nome do nosso Senhor. Não estou em momento algun dizendo que esta luta é fácil e peço a Deus que tenha misericórdia de quem luta contra a prática homossexual e não a venceu ainda, mas que quanto maior a luta maior será a vitória e o galardão. Que Deus ama todos seus filhos, respeita suas opções, sofre ou se alegra por elas, mas não abre mão dos seus princípios. Que nossa luta não é contra a carne, mas contra os principados e potestades (demônios). Que em momento algum Daniel condenou o pecador, mas foi muito firme contra a prática do pecado. Àqueles quem não acredita em Deus ainda, e acha que ser honesto e fazer o bem já basta, faço um desafio, abra mão da sua verdade e tente provar para você mesmo que a Bíblia é uma farsa, estude-a, busque incoerências e erros. Àqueles quem Crêem na Palavra e ainda sofrem com o desejo por pessoas do mesmo sexo, leiam a Palavra, orem, jejuem, aproximem de Deus, sejam íntimos de Deus, lembrem de Jó, mas jamais desistam da luta entre a carne e o espírito. Quem vencerá a carne será o Espírito que habitará em você por sua fidelidade. Quanto aos que pensam em suicidar, não suicidem, entregue a sua luta e seu fardo no altar do Senhor, mas acima de tudo seja fiel a Palavra e ao Espírito que faz morada no seu coração. O que me frustrou foi que, em momento algum foi citado questões biológicas, genéticas ou hereditárias. Será que a questão homossexual se baseia apenas em questões psicológicas e espirituais? Será que não há nenhuma ligação com o fator genético? Obrigado a todos que participaram e participam de todos os tipos de debates que Glorificam o nome do nosso Senhor Jesus, porque de tudo que foi dito só existe uma verdade. Aquele que disse "Eu sou o caminho, a verdade e a vida e ninguém chegará ao Pai senão através de mim". E que nosso Senhor nos abençoe e no ilumine.

DINIZ disse...

Diniz disse: Olá a todos, apareci por aqui buscando entendimento sobre o tema homossexualismo. Sou Cristão, não sou homossexual (mas isto me faz melhor do que os que são). Gostei de tudo que li, chorei e mostrei para minha esposa alguns posts. Temos 2 filhos jovens. Acho que este é um espaço fantástico para aprendermos e refletirmos. Damiel colocou pontos muito importantes, mas tal qual importante foi testemunhos de todos, que fazem enriquecer o conteúdo do tema. Te tudo que li sem querer exaurir minha busca por mais entendimento, o que ficou mais claro para mim é que homosexualismo pode ser uma opção ou não. O Homossexual pode ser vítima ou não. Que o abominável não é o pecador e sim o pecado. Que se você é homossexual e conhece a palavra de Deus e continua a praticar o homossexualismo é porque você optou por abrir mão da sua luta, da sua cruz, a buscar e viver o nome do nosso Senhor. Não estou em momento algun dizendo que esta luta é fácil e peço a Deus que tenha misericórdia de quem luta contra a prática homossexual e não a venceu ainda, mas que quanto maior a luta maior será a vitória e o galardão. Que Deus ama todos seus filhos, respeita suas opções, sofre ou se alegra por elas, mas não abre mão dos seus princípios. Que nossa luta não é contra a carne, mas contra os principados e potestades (demônios). Que em momento algum Daniel condenou o pecador, mas foi muito firme contra a prática do pecado. Àqueles quem não acredita em Deus ainda, e acha que ser honesto e fazer o bem já basta, faço um desafio, abra mão da sua verdade e tente provar para você mesmo que a Bíblia é uma farsa, estude-a, busque incoerências e erros. Àqueles quem Crêem na Palavra e ainda sofrem com o desejo por pessoas do mesmo sexo, leiam a Palavra, orem, jejuem, aproximem de Deus, sejam íntimos de Deus, lembrem de Jó, mas jamais desistam da luta entre a carne e o espírito. Quem vencerá a carne será o Espírito que habitará em você por sua fidelidade. Quanto aos que pensam em suicidar, não suicidem, entregue a sua luta e seu fardo no altar do Senhor, mas acima de tudo seja fiel a Palavra e ao Espírito que faz morada no seu coração. O que me frustrou foi que, em momento algum foi citado questões biológicas, genéticas ou hereditárias. Será que a questão homossexual se baseia apenas em questões psicológicas e espirituais? Será que não há nenhuma ligação com o fator genético? Obrigado a todos que participaram e participam de todos os tipos de debates que Glorificam o nome do nosso Senhor Jesus, porque de tudo que foi dito só existe uma verdade. Aquele que disse "Eu sou o caminho, a verdade e a vida e ninguém chegará ao Pai senão através de mim". E que nosso Senhor nos abençoe e no ilumine.

DINIZ disse...

Olá a todos, apareci por aqui buscando entendimento sobre o tema homossexualismo. Sou Cristão, não sou homossexual (mas isto me faz melhor do que os que são). Gostei de tudo que li, chorei e mostrei para minha esposa alguns posts. Temos 2 filhos jovens. Acho que este é um espaço fantástico para aprendermos e refletirmos. Damiel colocou pontos muito importantes, mas tal qual importante foi testemunhos de todos, que fazem enriquecer o conteúdo do tema. Te tudo que li sem querer exaurir minha busca por mais entendimento, o que ficou mais claro para mim é que homosexualismo pode ser uma opção ou não. O Homossexual pode ser vítima ou não. Que o abominável não é o pecador e sim o pecado. Que se você é homossexual e conhece a palavra de Deus e continua a praticar o homossexualismo é porque você optou por abrir mão da sua luta, da sua cruz, a buscar e viver o nome do nosso Senhor. Não estou em momento algun dizendo que esta luta é fácil e peço a Deus que tenha misericórdia de quem luta contra a prática homossexual e não a venceu ainda, mas que quanto maior a luta maior será a vitória e o galardão. Que Deus ama todos seus filhos, respeita suas opções, sofre ou se alegra por elas, mas não abre mão dos seus princípios. Que nossa luta não é contra a carne, mas contra os principados e potestades (demônios). Que em momento algum Daniel condenou o pecador, mas foi muito firme contra a prática do pecado. Àqueles quem não acreditam em Deus ainda, e acha que ser honesto e fazer o bem já basta, faço um desafio, abra mão da sua verdade e tente provar para você mesmo que a Bíblia é uma farsa, estude-a, busque incoerências e erros. Àqueles quem Crêem na Palavra e ainda sofrem com o desejo por pessoas do mesmo sexo, leiam a Palavra, orem, jejuem, aproximem de Deus, sejam íntimos de Deus, lembrem de Jó, mas jamais desistam da luta entre a carne e o espírito. Quem vencerá a carne será o Espírito que habitará em você por sua fidelidade. Quanto aos que pensam em suicidar, não suicidem, entregue a sua luta e seu fardo no altar do Senhor, mas acima de tudo seja fiel a Palavra e ao Espírito que faz morada no seu coração. O que me frustrou foi que, em momento algum foi citado questões biológicas, genéticas ou hereditárias. Será que a questão homossexual se baseia apenas em questões psicológicas e espirituais? Será que não há nenhuma ligação com o fator genético? Obrigado a todos que participaram e participam de todos os tipos de debates que Glorificam o nome do nosso Senhor Jesus, porque de tudo que foi dito só existe uma verdade. Aquele que disse "Eu sou o caminho, a verdade e a vida e ninguém chegará ao Pai senão através de mim". E que nosso Senhor nos abençoe e no ilumine.

Anônimo disse...

Daniel, entrei em busca de saber se na Bíblia há realmente a condenação ao homosexualismo e em que passagem isso acontece.Adorei a sua maneira de mostrar essas passagnes, e te digo que o mundo precisa tbm entrar em oração por esses jovens na sua maioria que são constantemente bombardeados com conceitos de que tudo é normal e com a bandeira de que as pessoas praticam discriminação, sou professora e vejo como a tv interfere nas crianças e adolescentes. Quanto ao adulto realmente concordo com você, pois conhece que isso é contra o amor de Deus, o amor maior e mesmo assim praticam...Esse sim é o maior pecado saber e fazer....E como ajudar? é entrar em oração constante pelo mundo.

Anônimo disse...

...Todas as respostas estão dentro do próprio homem.
Deus, o Criador de tudo e de todos, criou os homens simples e ignorantes, tendo por destino a Evolução permanente.
A todos equipou com Sua centelha: a Consciência!
A Consciência tem duas metades: a Inteligência e o Livre-Arbítrio.
Leis Naturais, desde sempre pré-estabelecidas, imutáveis, justas, perfeitas, infalíveis, em estreita ligação com a Consciência, vêm balisando o ser para o seu destino, rumo à eternidade: evoluir sempre.
Por Evolução entenda-se a aquisição e prática constante de virtudes, com conseqüente banimento de defeitos.

Anônimo disse...

Daniel, li seu arquivo e achei bastante contundente e bem apropriado, afinal o que se fala ultimamente e o que se foi visto nessa 15º para gay é que "homossexualidade - a Bíblia não condena"... E acho bastante apropriado o versículo que diz "que todas as coisas nos são lícitas, mas nem todas nos convém..."

Gostaria de ter um aparte in loco com vc, pois citaste que o homossexualismo é gerado devido a traumas, como abusos, estupros, ausência da figura paterna etc... Mas te pergunto logo de cara... E quando não há nenhum desses casos e você passa a sentir "sentimentos homossexuais", vc teria alguma explicação ou algo q possa clarear isso?
Meu e-mail é lck_idem@ ig.com.br... Desde já agradeço...

Anônimo disse...

Não julgueis para não ser julgado..vivemos num mundo onde o q mais conta é a matéria..Esqueçemos q temos uma missão ..o caminho em busca da perfeição ...o SER em Deus..creador de todas as coisas..Se Deus permite que nasçam pessoas geneticamente com propenções para determinado tipo de sexualidade, com certeza para entendermos q nao devemos nos ater no superficial..Os anjos não tem sexo , ou mesmo corpos...Ha tanta polemica sobre isso.Conheço pessoas bonissimas , de algo valor moral e de carater q sao homosexuais..nao se mede uma pessoa pela raça , cor ou sexualidade , mas pelo coração.É la q as virtudes e o amor de Deus repousa..é lá q se revela a quem pertençem...E acredito que o Senhor Deus Conosco estará com aquele que mantem o seu coração generoso , misericordioso e acima de tudo na esperança dele em cada um habitar!

Anônimo disse...

olha pra mim foi uma grande ajuda pois eu prescisava de um impurao pra saber o erro grave q estou comentendo

jeorgio14 disse...

Eu sou um adolescente
tenho 15 anos
sou homossexual mas não sou efeminado
e acho que Deus nos criou para agente ir aos poucos descobrindo o que nos faz felizes sem prejudicarmos o proximo
...
Se Deus não quizesse que agente amasse uma pessoa do mesmo sexo eu acho que ele não iria plantar isso dentro da gente neh?

Adriano Oliveira disse...

Homossexualismo é aceito por Deus?
Pensando nesta questão, se Deus aceitaria tal coisa ou não.
Então me deparei com a resposta, Meditando e pedindo sabedoria A Jesus.
Com algumas perguntas seguidas de resposta resumi minha linha de raciocínio.
Deus é Onisciente? Sim
Deus é Onipresente? Sim
Deus é Onipotente? Sim
Deus é Perfeito em todas as Coisas? Sim
Então podemos Afirmar que Deus não erra.
Se Deus não erra como poderia Ele permitir o Espírito de uma Mulher no corpo de um Homem e vice e versa.
Se concebermos tal conceito estaremos blasfemando contra Deus e afirmando que Deus é Passível de erro como nós Humanos.
Tudo o que Deus Criou é perfeito, a Humanidade corrompida por seus desejos fúteis e inconsciente de quem esta por trás de todas as coisas sujas deste Mundo.
Não tenho a tal Homofobia tão repreendida e falada nos jornais, não discrimino nenhum Irmão em Cristo, mais tento levar a todos a mensagem de que Deus não está alheio .
Seus Olhos estão sobre tudo e Todos, temos que Vigiar e Orar Muito.

Darnel disse...

quero responder ao comentario do jeorgio14 "Se Deus não quizesse que agente amasse uma pessoa do mesmo sexo eu acho que ele não iria plantar isso dentro da gente neh?"
A bíblia diz em Tiago 1:13 ao 15: "Ningué, ao ser tentado, diga: sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e Ele mesmo a ninguém tenta. Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte."

rogerlolico@hotmail.com disse...

Fico muito triste cm tudo isso q acabo de ler pois realmente achoq as pessoas deveriam estar preocupadas cm as crianças q estao nas ruas cm as mulheres q apanham dos maridos cm as familias q nao conseguem colocar comida em sua mesa na hora da refeiçao e muitas outras dificuldades q os seres humanos vivem hj em dia mas nao as pessoas querem discutir opçao sexual isso e tao pequeno pois a mesma biblia tao citada aqui diz claramente que nao existe pecadinho nem pecadao por isso vejo na minha ignorancia q o simples fato de querer aq explicar ou julgar uma pessoa q sente atraçao pelo mesmo ja condena a todos da msm maneira pois nao vejo ninguem aq citar pessoas q ja foram ajudadas e estao felizes hj.porem oq realmente eu me pergunto e se o sr daniel ficaria cm um homem msm sem sentir atraçao por ele pois entao como o sr ja sabe a resposta porq querer q uma mulher q nao sente atraçao por homem o queira ou o homem a mulher gostaria de sugerir q o sr cm seu conhecimento e tbm experiencia crie um blog para ajudar pessoas em estado terminal cm doenças como o cancer por exemplo alias algo tbm inexplicavel acho eu peço desculpas por nao ser tao capaz de compreender os julgamentos de sua igreja e gostaria muito de conhecer seu trabalho cm relaçao as pessoas q realmente precisam dele...

Daniel Moreira disse...

Ola Rogério,

1. Eu tbem fico preocupado com as pessoas que estão na rua e com as mulheres que apanham. Não apenas as que apanham do marido, mas todas que apanham.
2. Eu não sei se vc percebeu, mas este é um blog cristão. As referencias que citei são bíblicas. Quem é cristão e queira se orientar por uma opinião diferente se enquadre, quem não quer siga sua vida.
3. A discussão aqui não é fazer o homossexual deixar de ser homossexual, mas ajudá-lo quando o mesmo quiser deixar de ser.
4. Sim, existem pessoas que foram ajudadas e estão felizes. E os seus relatos não estão aqui porque este espaço não é para minha autopromoção, mas para falar de Jesus como Ele realmente é. Ou seja, filho de Deus acima de tudo e todos.
5. Se vc ler este blog, apesar de minha incapacitação humana, eu indico quem pode ajudar as pessoas que estão em fase terminal, não só de câncer, mas em fase terminal da vida. O nome dele é JESUS.
6. O endereço de minha igreja para vc conhecer é: Rua Marte, n:32 - Ana Lucia/Sabará. Estou lá na quarta, sábado e domingo.

Que Deus tenha misericórdia de todos nós

Anônimo disse...

Ola!!! tenho desejos homosexuais, mas cabe a mim o que fazer com esses desejos pois tenho o livre arbítrio, a homosexualide é pecado..estamos vivendo em um mundo cheio de aflições. cada um crava uma luta con sigo mesmo..em TIAGO 1:13-15 DIZ 13 Ninguém, sendo tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele a ninguém tenta.
14 Cada um, porém, é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência;
15 então a concupiscência, havendo concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte. Entendo neste versiculo que apesar de todos nós estarmos sujeito ao erro cabe a nós o que fazer com os nossos desejos e sentimentos o pecado é o desejo ser consumado.cada um de nós luta diarimente contra a carne.. contra si próprio.. temos 3 inimigos. O mundo o diabo e nós mesmos. para vencer o maligno temos que vencer nós mesmos... TODOS OS DIAS LUTO CONTRA O PECADO... CONFEÇO QUE DEI BRECHA E VACIELI CAI NA TENTAÇÃO.. MAS POR ACHAR ISSO ERRADO CONVERSEI COM OS LIDERES DA IGREJA E TO EM DISCIPLINA. EU ACHO ISSO O CERTO POIS ME SENTIRIA UM HIPÓCRITA SE EU ESTIVESSE NO MEIO DOS MINISTERIOS SENDO QUE CAI.. APESAR DE ESTAR ARREPENDIDO O PECADO TEM CONSEQUENCIA.. PARA MIM NAO EXISTE PECADINHO E NEM PECADÃO .PECADO É PECADO MAS PARA OS OLHOS DA SOCIEDADE HÁ DIFERENÇA..GOSTEI DA POSTEGEM DO BLOG DANIEL PARABENS !!!! ENTENDA QUE TD O Q FIZERES TERÁ SEMPRE PESSOAS A CRITICAREM..

Miguel´s disse...

Daniel, tenho buscado muitas fontes de estudo em busca de explicações para o "Homosexualismo". Tenho visto diversos filmes, sites, comentários, igrejas, etc.
Gostei muito da sua visão e da sua habilidade e conhecimento Bíblico. Lendo seus textos, percebi que o Abuso na infância foi fator determinante em suas experiências!
Percebo que quando tratamos deste assunto, sempre buscamos base bíblica (extremamente claras quanto ao repudio à esta pratica), porém esbarramos em um conceito inicial onde inexiste na Bíblia. A Bíblia não define a origem do Homosexualismo. Buscamos explicar à condenação para aqueles que praticam homosexualismo, ou que estão acorrentados nesta vida. Cremos, conforme as escrituras sagradas, que Satanás é o precursor de todas as tentações que nos levam ao pecado. Desconsideramos a hipótese idealizada pela psicologia e pela ciência quanto a "filosofia de vida" dos homossexuais. Embora, tenhamos sempre buscado fundamentar o homosexualismo em traumas de infância oriundos de: costumes impostos pela criação, convivência com homossexuais, abusos sexuais na infância, entre outros. Fatores estes que se originaram nas teorias psicológicas e científicas.
Acredito que estes fatores contribuem, mas creio que essas situações apenas afloram algo já existente no "HOMEM", sexo masculino e/ou feminino.
Cito como exemplo a minha situação: Hoje sou cristão, sirvo a Deus, creio nas promessas do Senhor, creio no plano de salvação, creio no inferno, creio na existência de Satanás, creio no pecado, creio no perdão, creio no arrependimento! Nunca fui abusado sexualmente, não fui criado em meio homossexual, não fui submetido a esta convivência. Recordo-me claramente que ainda quando criança, ao dormir na mesma cama que meus pais, procurei tocar meu pai... o mesmo despertou pela madrugada, e, vendo-me tocando-o em sua região sexual, me corrigiu de forma orientativa (eu tinha em média de três anos de idade) em seguida voltou a dormir. Desde este dia nunca mais parei de desejar tocar outro homem.
Hoje por amor a Cristo, e ao Evangelho, tenho sofrido para reprimir este sentimento, mas carrego comigo a certeza que nasci vulnerável ao homosexualismo.
Concluo aqui com o seguinte pensamento: Enquanto permanecermos buscando entender a origem do homossexualismo ou aplicando as condenações cabíveis conforme a Bíblia não encontraremos a resposta. Criaremos apenas a dissenção entre os irmãos, afastando assim da igreja aqueles que precisam ser amados, aqueles que precisam conhecer o amor de CRISTO. Precisamos crescer espiritualmente sob a graça do Senhor para que possamos ter palavras de conforto, superação, transformação e salvação para os homossexuais.
Precisamos pregar o Evangelho em sua plena simplicidade. Sem razões particulares, sem pontos de vista isolados... A IGREJA PRECISA SER A SUPREMA EXPRESSÃO DO AMOR... A IGREJA PRECISA SER SEMELHANTE A CRISTO! A IGREJA PRECISA SER UMA FONTE INESGOTÁVEL DE AMOR!

Deus abençoe a todos os leitores!

Não quero com as minhas palavras tornar-me contrário aos preceitos Bíblicos, apenas procuro expor a idéia de alguém que resolveu "negar a si próprio, carregar a sua cruz e seguir a CRISTO". Alguém que sofre por errar, por pecar em pensamento e até mesmo em atitudes... Alguém que por amor a CRISTO busca ser APROVADO! Sobretudo, alguém certo da sua salvação vinda de CRISTO.

Daniel Moreira disse...

Miguel, te respondi diretamente bo blog porque nos comentários não caberia.

link - http://danielmoreira.blogspot.com/2011/04/sobre-o-homossexualismo-respondendo-ao.html

Deus abençoe

Anônimo disse...

EXCELENTE!EXCELENTE!EXCELENTE!
Acho que vc deveria ser convidado para um debate entre aqueles que aprovaram ou que estão tentando aprovar o casamento do absurdo com a decepção.

Anônimo disse...

Erik, voce é um homosexual que conseguiu mudar, porqueéstá claro que a biblia condena, só não se tem resposta ao prque deus permite que as pessoas nasçam assim, quando ocorre por um trauma ou abuso tem reversão sim, mas quanto a educação, é furado essa mentalidade,, pois assim fosse todos os filhos de uma familia o seriam, que homosexual nascido conseguiu mudar pela fé, ele pode conseguir se reprimir, mais mudar seus desejos natos não conhecço nenhum.

Diego Henrique disse...

eu não li todos os comentarios.. por serem muitos...
mas ao ponto de vista eu acredito0 que cada um deve seguir a sua vida, Deus nos propos o livre arbitrio de ir e vir... fazer o que bem entendemos... eu tenho 22 anos sou gay... e sou cristão... e te digo por experiencia, Deus não me descrimina... muito pelo contrarioo0 ele me usa.. e faço a vontade dele.... Deus ama.. a todos... igualmente... e eu jamais vou mudar minha vida por conta disso.... (igreja, religião. comunidade) Deus não olha o seu exterior e sim o interior... ele quer saber como anda sua vida espiritual.. abrass a todos

obs: achei vc muito0o0o preconceituoso daniel...

Daniel Moreira disse...

Diego,

vamos em partes:

1) A Bíblia é muito clara sobre homossexualismo. Se fosse propor uma leitura diferente ao ângulo bíblico, possivelmente estaria negando a minha fé.
2) Sei que existem pessoas que se dizem homossexuais e cristãs, mas nunca você verá um cristão homossexual.
3) Sempre me vejo no meio de opiniões diferentes, e por muitas vezes sem me decidir por qual assumir e se necessário for, lutar. Porém, em todas tenho o zelo diligente de tentar ouvir a voz de Deus para me definir. E a Bíblia é meio pelo qual Espírito Santo de Deus traz discerinmento. Em nenhuma das vezes, ou em qualquer passagem bíblica, eu vejo razões para crer que homosexualismo seja algo de Deus. Pelo contrário, só vejo passagens intolerantes quanto a prática deste pecado.
5)Explique-me as passagens (Romanos 1:26-27, I Timóteo 1:10-11, I Coríntios 6:9, Deuteronômio 23.17; Levíticos 18:22; 20:13.)
6) Biblicamente falando, temos muitos argumentos coerentes que precisam ser vencidos pelos militantes pró-homossexualismo. Um deles é própria natureza pró-criativa da relação sexual, pois existem promessas de Deus em relação à geração da vida. Na relação homossexual não se gera vida. Ou seja, não há filhos. Considere também outros fatos como: Não há promessas para relacionamento de pessoas do mesmo sexo, não há exemplos de casamentos de pessoas do mesmo sexo, não ha citação de Jesus a favor. Há sim, passagens que amparam toda a certeza de que o homossexualismo em qualquer nível é pecado.
7) Em Matheus 19:12 fala sobre os eunucos, aqueles que de alguma forma não tem nenhum apetite sexual, seja por causa da remoção dos testículos ou porque são congenitamente não-funcionais ou porque se dedicam ao Reino de Deus. 1) Aqueles que nasceram eunucos, que são considerados eunucos "naturais", a estes o argumento do homossexualismo não cabe porque a falta de apetite sexual é disfuncional e diferentemente do homossexualismo. Quero apontar que a única forma de ser eunuco por opção é por causa do reino de Deus. O que isso significa? Significa que por causa do Reino de Deus eu posso casar com homens? Não. Significa que uma pessoa pode ser eunuco por opção e assim ficar solteiro numa forma de consagração a Deus. Não podemos esquecer que o eunuco natural é aquele que não tem apetite sexual o que em nada tem a ver com homossexualismo. É uma pessoa que não se dá ao casamento por causa de sua condição ou por sua opção de consagrar-se a Deus, diferentemente da aplicação do homossexual que tem afeição pelo mesmo sexo e quer relacionar com pessoas do mesmo sexo. A origem entre as concepções são diferentes. 2) Sobre o argumento de procriação, os homossexuais precisam entender que a procriação só existe por causa do completar natural feito por Deus entre um homem e uma mulher. Então o argumento só caberia se a pessoa que o reivindica tiver na prática os mesmos fatores naturais para a procriação que existem no homem e uma mulher. Fatores como os órgãos internos, órgãos sexuais, genéticos e etc.

Daniel Moreira disse...

8) Quando o argumento for relacionamento, não é preciso ser homossexual para ter grandes amigos íntimos no sentido puro (sem envolvimento sexual) da palavra. A amizade entre Jonas e Davi não tem uma citação para relação homossexual. Pelo contrário, no texto Davi diz “meu irmão Jonatas”. Pergunto: Davi era irmão de Jonatas? Este é a referencia do tipo de amor que os dois tinham. A história entre eles provou a amizades que ambos tinham. Fico entristecido quando alguém aplica este termo a homossexualidade, até porque um mínimo de cuidado a pessoa iria chegar a ver que Davi chegou a ser questionando por causa seus casos com mulheres.
9) Considera-se que os militantes das causas homossexuais, ao proporem a discussão para qualquer campo, precisam considerar que há enormes problemas iniciais diante da maior crença, o Cristianismo. Os militantes das causas homossexuais teriam que elevar a discussão do ponto de vista Teológico para assim habilitar seus argumentos na religião, provando de uma forma plausível o porquê Deus teria errado na origem natural da sexualidade, dando um aspecto físico como os órgãos pertinentes ao gênero. Detalhe que não estou em referindo aos órgãos sexuais, mas todos os órgãos que caracterizam o homem ou a mulher.

Salviano disse...

Eu acredito que Deus criou o homem e deixou o manual de instrução, a “BÍBLIA SAGRADA!” A bíblia é a divina revelação da palavra de Deus e não produtos enlatados, eu costumo dizer que: “As pessoas precisam parar de comer tudo o que dão. E começar a questionar! ” Alguém escuta alguma coisa de alguém, e saem falando, sem questionar, sem saber se é verdade ou não. As pessoas precisam se perguntar! Será que a minha crença esta de acordo com a lei de Deus? Será que a religião que eu nasci sempre me falou a verdade? Quando uma pessoa morre pra onde ela vai? Ela volta? A bíblia apóia o homossexualismo? Quem não herdara o reino de Deus? O que devo saber sobre idolatria, imagens e escultura? O que devo saber sobre o único batismo? Será que tem uma seqüência para salvação? A quem eu devo me confessar, quem pode me perdoar? Religião salva alguém? Essas e outras perguntas e respostas em:
www.aunicaverdadeemsuapropriabiblia.blogspot.com
Você pode dizer, eu já sou salvo amém! Vamos atrás de quem não esta, divulgue este site, fale para outras pessoas, por que “O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns têm por tardia: mas é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.” (II Pedro cap. 3 ver 8) e “Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo o homem. (I A Timóteo cap 2 ver 5 e 6)
Seja sua bíblia, católica ou evangélica, aqui você vai tirar suas duvidas.
www.aunicaverdadeemsuapropriabiblia.blogspot.com
“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertara” (João cap 8 ver 32) Se você tiver coragem de perguntar, a bíblia terá coragem de responder!

kerven gabriel disse...

ola daniel eu gostaria de saber cm devemos orar pelo homosexualismo??eu tenhoo uma duvida mto grande se vc pudesse me explicar!!!desde ja agradeçoo

Daniel Moreira disse...

Kerven, depende do que se trata... mande um email pra no dramofilho@gmail.com

Afonso Lima disse...

Primeiramente a paz do senhor. Eu acho o seguinte muitos aqui dizem que Deus não fez isso ou aquilo e tenta distorcer a palavra estão sendo induzidos pelo demônio, porque antes eu pensava desse modo. Agora vendo esses comentários eu pude ver que eu estava errado e que graças a Deus ele me mostrou o caminho certo. O que posso dizer é que Deus é tudo pra mim e quem crê nele terá a salvação.

Daniel Moreira disse...

Afonso, para a gente entender qualquer coisa de Deus, antes precisamos esvaziar do nosso próprios conceitos. Renunciar a si mesmo, e depois aprender com Jesus para ser como Ele.

Quero tbem dizer que Jesus não quer ser apenas o nosso exemplo, Ele quer que a gente entenda que Ele é a nosso possibilidade. Viver como Ele viveu é possível.

Que o Senhor abra sua mente para o Evangelho em nome de Jesus.

Deus abençoe

Eliaquim Rodrigues Pereira disse...

Com certeza meu irmão em Cristo Jesus!
Eu respeito os homossexuais, porém se ele disser que irá para o céu, eu digo que ele está errado e que se não parar do homossexualismo ele não herdará o reino dos céus! Que Deus te abençoe vou publicar esta página também! A paz do Senhor Jesus!