sexta-feira, 4 de abril de 2008

Cristo em mim

A grande diferença proposta pela mensagem do Cristianismo à de outras mensagens religiosas, é que apresenta como centro do mistério de Deus, um Deus que habita em nós, naqueles que têm fé: “Cristo em mim”. Antes de um Deus por nós e para nós, um Deus em nós: “Seu nome será Emanuel” - Deus conosco. (Mateus 1.23)
Alguns dizem ser esta uma concepção mística que no tempo da avançada pesquisa científica em que vivemos, não pode ser entendida e fundamentada, ignorando que, Paulo o apóstolo, ao falar a respeito referiu-se como sendo um mistério, que apenas é experimentado e elucidado por aqueles que crêem. Paulo não usa a linguagem da razão, mas da fé. O fato é que Deus está presente em todos os que lhe pertencem para fazê-los vencedores através Dele próprio. Mesmo que não seja explicável para a razão, ainda assim é uma verdade na vida de muitos cristãos.

Que alegria não precisarmos mais buscar Deus nas alturas ou em qualquer lugar remoto do universo, nem precisamos descer as profundezas para encontrá-Lo, nem tampouco empreender longas, fatigantes e autoflagelantes peregrinações para vê-Lo. Deus quer habitar em nós! No meio do stress de nossa vida urbanizada, ou no meio do ativismo inconseqüente a que somos seduzidos, posso sossegar a minha alma, pois Ele está mais perto do que todas as pessoas, e Sua presença é suficiente para atuar não apenas nas grandes dificuldades, como nas impossíveis.

S.E.S., Calendário “Luz e Vida”, fevereiro de 1993
Postado por Jairo Larroza

Nenhum comentário: