quarta-feira, 26 de março de 2008

Charge e Reflexão: TEOLOGIA DA PROSPERIDADE

(A charge foi extraída do Blog Humor Cristão)

A concepção de Ministério Bem Sucedido para muitos é a prosperidade. Simplesmente a Bíblia e seus fundamentos deixaram de ser prioridade para os líderes. O alvo para muitos não são mais as conversões genuínas de pessoas e sim a quantidade de simpatizantes sem importar com o fator de mudança na vidas dos crentes. A Bíblia virou segundo plano. O que vale é soma de dizimos, ofertas e ajudas financeiras que uma igreja pode juntar. Se tem um programa de televisão, rádio e até outros meios de comunicação é Deus fazendo aquele Ministério prevalecer. Ser franscicano? Que nada! Se avaliarem verão que gastam mais dinheiro nesses meios do que na velha e boa Missão de Campo.

Um do problemas esta na idéia de liberdade de pensamento onde a Bíblia ganha um significado para cada realidade. Cada lider faz a sua própria interpretação da Bíblia. E nesta liberdade, permitiu uma visão moderna de situações do dia a dia que distorce a veracidade da palavra de Deus quanto a humanidade e sua aplicação prática. As pessoas acreditam que a Bíblia precisa se adaptar o tempo, a cultura e tudo que vier. Na verdade não, porque se assim fosse, nós cristãos poderíamos consideram Maomé como profeta. A Bíblia esta acima de tempo, cultura, religião e tudo. Precisamos refletir sobre isso.

De qualquer forma a charge ilustra bem a realidade da Igreja Evangélica. Chega a cansar o tanto que temos que repetir e tratar de um assunto que deveria ser óbvio para todo Cristão que preza a Bíblia como prioridade de conhecimento da Verdade; E Jesus não mostra a "verdade" como um objetivo ilusório e inatingível. Ele diz: "Conhecereis a verdade". Diz isso porque a verdade é que nos ajuda a diagnosticar independente do tempo, as heresias como a ilustrada na charge acima


Um comentário:

Raphael Rap disse...

Cara, infelizmente a realidade é que temos de repetir esse assunto exaustivamente, até que as pessoas "caiam na real"...

Boa análise