segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Evangelismo de um Crente legalista

Segundo O Texto: Legalismo: O Assassino da Graça, considera-se que para um legalista, ser um crente significa um estilo de vida rígido,. duro, inflexível, severo, carente de cor e gozo.

O conceito acima é a introdução para citar um evangelismo de moço para um Não Cristão nesses moldes. Segue:

Crente Legalista: Vc precisa abandonar essa vida de Pecado e ir para Igreja
Não Cristão: "Olhando assustado"
Crente Legalista: Vc precisa parar de assistir televisão... Largas essa coisas mundanas que roubam a unção e vir para a Igreja.
Não Cristão: "Ainda olhando assustado"

A conversa durou algum tempo e praticamente não ouvi o nome de Jesus no dialogo.

Conselho:
Depois de um diálogo como este, fiquei pensando no Convite de Amor que Jesus fez para a humanidade e que ilustra bem o que deve ser o Evangelismo."Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e meu fardo é leve." Mt11:28-30

Neste convite Deus não estabelece regras. Com graça e caridade ele convida a todos. Pecadores marginalizados, homicidas, prostitutas, homossexuais a virem sem o fardo da preocupação doutrinária ou da mudança de vida sem ação divina. Deus não é regra; Deus não é doutrina; Deus não é convenção. Deus é o Senhor que opera com a ação perfeita do amor que que através de sua graça alcançou toda a humanidade estabelecendo o vinculo perfeito, ou seja, aliança infinita que não pode ser quebrada pelo jugo do pecado.

Nenhum comentário: