domingo, 3 de agosto de 2008

Carta ao Ex-Pastor da Igreja

Segue uma carta que escrevi ao ex-pastor de uma Igreja onde eu frequentava, na ocasião o mesmo estava com problemas graves perdoar. A carta sofreu algumas modifcações, mas que não mudou o seu conteúdo. Acompanhe:

Pastor "Beltrano",

existem certas dificuldades no curso de nossa fé e talvez uma das maiores é amar nosso inimigo. Por mais que eu negue, já sofri por alguém que me causou desconforto, por pessoas que me odiavam e que levantavam falso testemunho; Enfim, pessoas que já desejei estar bem longe delas. Mas... a Bíblia nos ensina de maneira diferente:

Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai celeste, porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos. Porque, se amardes os que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os gentios também o mesmo? Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste.

Acredito que este seja nos dias atuais, o mandamento mais difícil de praticar. Sinceramente julgo em aspectos humanos, considerando sobre o ponto de vista dos não cristãos que seja impossível colocá-lo em prática. Porque é dificil ver com um olhar de amor uma que pessoa que insidiosamente procura te prejudicar. Por outro lado a Bíblia não nos dá a opção, e se escolhemos o Caminho de Cristo, amar segundo a Bíblia é ordem que não nos deixa escolher se são amigos ou inimigos. Pastor, li uma vez que retribuir o ódio com o ódio multiplica o ódio e aumenta a escuridão de uma noite já sem estrelas. A escuridão não expulsa a escuridão, só a luz o pode fazer. Ou seja, o ódio não tem poder para expulsar o ódio que esta plantado em seu coração. Pelo contrário o ódio só alimenta o desprezo, a falta de amor, a escuridão da nossa alma. E a consequência desta escuridão é uma vida completamente vazia, amargurada e que evidencia a falta do próprio Cristo no coração. Não quero julgá-lo, mas apenas lembra-lo que um dia vc desistiu de sua vida para deixar que Cristo evidenciasse a vida Dele através de vc. E a verdadeira imagem de Cristo se evidencia através do amor e graça. Portanto, perdoar quem não merece é seguir o exemplo da manifestação da graça de Cristo em nos.

É claro que nada disso é prático, o perdão é um ato milagroso que só é alcançado na força do Senhor. Baseando-me nisso, sei que para muitos a quebra do vinculo da confiança traz como consequência feridas na alma. Feridas que nem o melhor médico conseguiria a cura, apenas Jesus. E mesmo sendo um ato milagroso, envolve uma ação humana de se permitir ao tratamento. E nesta situação, o tratamento é tomar uma atitude que envolve humildade e dor. Não é fácil! Porém é essencialmente necessário para mudar a atmosfera de ódio, rancor, amargura e escuridão que a falta de perdão traz. Por isso "Beltrano", quero lhe dizer que o perdão é chave para convergir todos esses sentimentos citados em amor.

Espero em Jesus a sensibilidade para que perceba a vontade de Deus, que os irmãos vivam em perfeita harmonia.

Hebreus 12:14 - Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor,

--
Daniel Moreira

Nenhum comentário: